Diretor basco vence Goya

O policial Não Haverá Paz para os Malvados venceu a 26.ª edição do prêmio Goya, o Oscar do cinema espanhol, com seis prêmios, entre eles melhor filme e melhor diretor para Enrique Urbizu. O filme conta a história de um inspetor que, ao investigar o desaparecimento de uma mulher, envolve-se em um tiroteio que termina com três mortos e uma testemunha em fuga. Urbizu, com 14 indicações, superou o thriller de Pedro Almodóvar A Pele Que Habito, que concorria a 16 prêmios, o drama histórico La Voz Dormida, de Benito Zambrano, e o western Blackthorn, de Mateo Gil./EFE

O Estado de S.Paulo

21 Fevereiro 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.