Direto da Fonte

Agenda perdida?

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

14 Abril 2011 | 00h00

A ZTE chinesa ainda é pouco conhecida no Brasil, com fraca presença no mercado brasileiro. E já foi flagrada pela Polícia Federal em situação de trabalho irregular, tendo que assinar termo de ajuste de conduta. Pelo mundo, está sendo processada pela Ericsson em três países por quebra de patentes. Para neutralizar a "propaganda" ruim, entraram com "contra- processos" na Justiça tentando incomodar a empresa sueca.

Dilma foi programada para fazer uma visita às instalações da empresa chinesa amanhã, em Xian.

Ping-pong

Eike Batista teria chegado a voar até a China e voltou. Consta que não teria tido permissão para pousar por lá.

A coluna tentou confirmar a informação mas sua assessoria não retornou às varias ligações ou e-mails.

Não, não é

E a Fiesp perdeu o sono na última madrugada.

Se a China for reconhecida como economia de mercado pelo governo brasileiro, os industriais admitem reagir até por meio da Justiça.

Pode ou não?

O uso de recursos do Fundo Garantidor de Crédito para compra de bancos, como antecipou esta coluna no seu blog na internet ontem, está suscitando discussões. Mesmo com todas garantias como é o caso BMG/Banco Schahin.

Todos traumatizados com o Panamericano onde o FGC colou dinheiro a fundo perdido.

Face a face

Fernando Haddad cancelou viagem para Harvard e passou o dia ontem em SP. Encontrou-se com Rui Falcão e outras lideranças do PT e depois, almoçou com prefeitos do partido.

O ministro da Educação cava caminho para prefeito?

Tipo exportação

Eurides Mescolotto, da Eletrosul, voltou da Alemanha trazendo um empréstimo do Banco KFW a...fundo perdido. Tamanha a sintonia com a Eletrosul, conhecida por produzir energia limpa. Ele volta para lá no começo de maio.

Bala na agulha

Fernando Alterio era só sorrisos ontem. Em seu primeiro dia de negociação das ações da T4F na BM&FBovespa, a empresa de entretenimentos atingiu valor de mercado de US$ 700 milhões.

Agora, pós-IPO, o mercado pergunta: quais serão os próximos projetos de Alterio?

Poltrona 24 F

Ontem, ao embarcar, em voo da Gol de SP para Curitiba, conhecido passageiro se deu conta que o número da sua poltrona... inexistia. Preocupado, foi informado que houve troca de aeronaves. Uma maior por uma menor.

E assim oitos passageiros sem cadeira foram relocados no mesmo voo quase vazio.

Chocólatras

Uma viagem a Washington só para degustação de chocolate? Pois é, foi isto que Maurício Amaro protagonizou. O piloto e empresário conta a aventura no livro Chocolate: Por Que Gostamos Tanto?, lançado esta semana no Rio.

Big verdade

Depois de questionar, do palco, "como o brasileiro pode ter alto padrão na escrita e leitura se o carro-chefe é assistir BBB", Pasquale Cipro Neto gerou burburinho da plateia na Bienal do Livro, anteontem, em São José dos Campos. Estava lá o repórter do BBB.

Pascale não se intimidou: "Peço-lhe desculpas, mas não retiro uma palavra sobre o BBB, cujo participantes têm inteligência inferior a de uma ameba. Que a ameba me perdoe". Nossa.

Corda toda

Rafael Gomes prepara seu primeiro longa infantil. O filme será uma parceria com Arnaldo Antunes e inspirado em O Pequeno Cidadão, trabalho do compositor.

Na frente

Tomie Ohtake foi ausência notada em seu vernissage, anteontem. Apesar de curada da pneumonia, está se preservando.

Sofia Borges abre individual hoje. Na Galeria Virgilio.

Mailson da Nóbrega abre o Seminário da Tendências. Hoje, no Hotel Unique.

Isabelle Tuchband e Verena Matzen lançam séries de pinturas. Hoje, na Livraria da Vila do Cidade Jardim.

Cesare Pergola abre hoje mostra no Museu Afro-Brasil. Curadoria de Emanoel Araujo.

A Casa do Saber do Itaim lança hoje livro de Rosine de Dijn.

Alguém precisa avisar os empresários brasileiros na China: o consulado em Cantão já existe.

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

João Luiz Vieira joao.vieira@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.