Direto da Fonte

Do coração

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2011 | 00h00

Acostumado a ver a morte passar por sua porta - se é que alguém se acostuma com isso algum dia - Paulo Hoff, oncologista que acompanhou José Alencar nesses 14 anos, estava arrasado ontem. "Perdi um amigo", resumiu o médico que, como outros da sua equipe, bem como da equipe do próprio Sírio-Libanês, está de luto.

Qual lição o senhor tira de ver alguém enfrentar esta doença com tanta coragem e transparência? "Primeiro, que independentemente de cargos, existem pessoas humildes, honestas, patriotas e humanas", pondera. E emendou: "Ele mostrou que o câncer não é um tabu e pode ser enfrentado. Isso tem que ser um exemplo".

Os familiares consideram que o senhor foi o responsável pela sobrevida do ex-vice, concorda? "Digo que é uma parceria. Ele tinha muita vontade de viver, e sem isso o tratamento não teria sucesso".

Ele se despediu de vocês? "Da maneira dele sim, sendo muito gentil e carinhoso", conta o médico, que nas últimas duas semanas ia regularmente à casa de Alencar. "Ele não vai deixar só saudades, mas também boas memórias", conclui.

Coração 2

Paulo Chap Chap, superintendente do Sírio, se impressionou com o altruísmo de Alencar durante o tratamento: "Ele pensava na família antes de pensar nele, mesmo que isto significasse sacrifício ou dor".

Companheirismo

O fim da luta de Alencar deixou toda a família abalada. Mas Dona Mariza, mais que todos. Pouco depois de o ex-vice morrer, ela se sentiu mal e foi levada para fora do quarto. E não voltou logo.

A maior parte dos visitantes que foram ao quarto foi recebida pelo filho Josué.

A favor

Criticada desde que retirou do site do MinC a licença do Creative Commons - permissão para visitantes do portal usufruir do conteúdo sem precisar pedir autorização ao próprio órgão ou ao criador-, Ana de Hollanda ganhou apoio externo: a do Conselho Internacional de Criadores de Música, em evento em Nairóbi, no Quênia.

A entidade acredita que a defesa dos diretos autorais e de gestão coletiva devem ser decididos pelos criadores. Sem intervenção governamental.

Pet stop

Animais ganham "estacionamento" próprio no Pátio Higienópolis. A ideia do Dog"s Parking é garantir que o cliente possa usar o shopping como quiser sem se preocupar com a segurança de seu pet.

Custa R$ 8 na primeira hora e R$ 2 para cada hora adicional.

No papel

Após ter vendido 36 mil exemplares, a Sextante prepara nova edição de José Alencar - Amor à Vida. Com um posfácio.

A ser lançado no dia 11.

Humor de Alencar

Alckmin preferiu lembrar, ao levar condolências à família, cenas de bom humor do ex-vice.

Como esta: "Ele me dizia que eu era Álckmin (com acento no "a"), e o deputado mineiro era (José Maria) Alquimín (acento no "i"). E cobrava: Pois é, governador, paroxítona não ganha eleição...".

Aliás, às 6 horas da manhã de ontem, Alckmin estava no Sírio para acompanhar o corpo.

De peso

Guilherme Afif escolheu uma frase de peso para definir a partida do vice-presidente: "Hoje tombou um jacarandá!".

Tem de gostar

De Serra, sobre a cruzada comum, dele e de Alencar, contra os juros altos: "A gente sabe que é difícil derrubar juros. Mas primeiro tem mesmo é que gostar da ideia".

Ela, Bethânia

Maria Bethânia subiu ao palco da Faap, anteontem, para ler poemas, demonstrando nervosismo e apreensão. Pelo jeito, a artista estava se sentindo acuada diante da polêmica gerada pela entrada de seu projeto de criação de um blog de poesia no Minc. Apesar deste estar absolutamente dentro dos conformes.

Passou nervoso à toa. Foi super bem recebida, aplaudida, com direito até a bis.

Voz internética

A declaração de Jair Bolsonaro no CQC criou mobilização no Twitter e Facebook. Um aviso pede para cidadãos mandarem e-mails para o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar expressando indignação sobre os comentários considerados racistas e homofóbicos.

Eu passo

Rafinha Bastos, recentemente citado pelo New York Times como o tuiteiro mais influente do mundo, não quer competir com Lady Gaga e ampliar o número de seguidores: de 1,6 milhão para 9 milhões, como a cantora americana.

O humorista e apresentador do CQC é direto: "Não entrarei na briga com ela. Não estou a fim de desfilar por aí com um vestido de m... de camelo", disse à coluna.

Na frente

Costurado por Maria Helena Sobral, o livro Fernando Lemos - Percurso, sobre os 60 anos de carreira do artista português será lançado hoje pela BEI. Na Cultura da Paulista.

Eduardo Gaz fechou parceria com a sofisticada rede Aman. E convidou Fritz Zwahlen, chef suíço, para pilotar almoço de comemoração. Na próxima semana.

Liliana Harb Bollos autografa amanhã seu livro. No Ponto do Livro.

Jack Vartanian lança a coleção Bichos, inspirada em animais sexy e fatais. Hoje, na NK Store.

Patricia Golombek autografa Baixinha de Uma Figa, Não! na Livraria da Vila. Hoje.

Conrado Paulino lançou seu segundo CD: Wrong Way.

A coluna recebeu e-mail colocando à disposição um "especialista" para comentar a morte de Alencar: um professor de "relações integrais" de um certa faculdade integrada. Cruzes.

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

João Luiz Vieira joao.vieira@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.