Direto da fonte

Tique-taque

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2011 | 00h00

O imbróglio em relação ao relógio do Itaú parece não ter hora para acabar. Kassab, defensor do Cidade Limpa, pediu formalmente sua retirada do topo do Conjunto Nacional.

O Condephaat, por sua vez, entende que o objeto faz parte do patrimônio histórico da cidade. E os condôminos estão em polvorosa porque a retirada doerá no bolso. O prédio recebe mensalmente pagamento pelo uso do espaço.

Querido diário

Edemar Cid Ferreira conseguiu determinação do juiz Regis Rodrigues Bonvicino. E terá de volta seus documentos pessoais e computadores levados de sua casa após ordem de despejo.

E mais. Vânio Aguiar, administrador da massa falida do Banco Santos, terá que apresentar relatório de tudo o que aconteceu dentro da mansão de 20 de janeiro até hoje. E prestará contas semanais.

Diário 2

Rubens Decoussau Tilkian, advogado de Edemar, pedirá perícia para checar eventual quebra de sigilo das máquinas. O juiz quer a volta da climatização e da segurança do imóvel para preservar obras de arte.

Alta de preços

Ontem, em conversa com Andrea Calabi - responsável pela sua indicação para o BB no governo FHC - Rossano Maranhão, explicitou preocupação com os sinais de retomada da inflação. Mas deixou claro ao secretário da Fazenda paulista que a atual equipe do BC conhece os caminhos do que fazer.

Sobre sua indicação para Secretaria da Aviação Civil do governo Dilma, nenhuma só palavra. Sabe-se, no entanto, que foi o PT que derrubou o hoje presidente do Banco Safra da sua cadeira do BB. O técnico, por sua vez, tirou muitos petistas do banco. Dentre eles, um dos aloprados.[17 E 18/12]

Happy, happy

Não se sabe se Sadia e Perdigão vão preparar algum bolo para comemorar os dois anos de espera no Cade. No dia 18 de maio de 2009, entregaram a papelada da criação da BR Foods para análise no órgão. Que está sem quórum para votar a fusão.

Rei é rei

Kate Moss pediu para trocar o ícone do futebol que seria clicado ao seu lado no especial que Mario Testino monta para a Vogue Brasil. A produção sugeriu Ronaldinho Gaúcho, mas ela pediu... Pelé.

Rei 2

A top soube que o "rei" havia dito sim quando estava ao lado de outro mito, Oscar Niemeyer. E deu três pulinhos de alegria.

Telona

Sopram os ventos que o roteiro do filme sobre Leandro e Leonardo será de... Glória Perez. Na direção? Diogo Boni.

Na frente

Flávia Ribeiro de Castro lança Flores do Cárcere, terça, na Livraria da Vila da Fradique.

Fafá de Belém ataca de DJ, domingo, no Glória. Com o quinteto 5 a Seco.

A Galeria Luisa Strina abre hoje a exposição Fair Trade, de Alexandre da Cunha.

Guilherme Corrêa, bicampeão brasileiro do concurso de sommeliers, está no júri do Argentina Wine Awards. De 21 a 25 de fevereiro, em Mendoza.

O Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa é que inaugura duas salas de aula batizadas de Sebastião Camargo e Amador Aguiar.

Cabala feminista

De passagem pelo Kabbalah Centre, em São Paulo, para realizar palestra na segunda, a americana Karen Berg - cofundadora do centro - conversou com a coluna.

Em que o Kabbalah Centre difere de outros?

Queremos que pessoas se encontrem e tenham a consciência do diferente. E temos tecnologia para isso. Nossos professores são treinados para trazer à tona valores da humanidade.

Como a senhora recebe as críticas de que o centro é muito badalado e frequentado por celebridades, como Madonna?

Quanto mais crescemos, mais somos criticados. Isso é típico quando se faz sucesso. Quem quiser checar as críticas, que venha ao centro, um lugar de portas abertas. Apesar de a Madonna ter um papel importante na disseminação do nome do centro, aqui dentro ela não é uma celebridade, é como qualquer outra pessoa.

O Brasil acaba de eleger uma mulher presidente. Qual é a importância da mulher na história da cabala?

Desde que a humanidade existe, a mulher tem papel preponderante. Principalmente em momentos de revoluções, de viradas.

Exemplo?

Esther, jovem judia que se tornou a rainha da Pérsia, segundo o antigo testamento da Bíblia. Na teoria cabalística, a energia feminina tem um papel receptor. Ou seja, captamos a energia dos homens e passamos adiante. Não é à toa que somos nós quem damos à luz. A mulher é sinônimo de iluminação e poder. / MARILIA NEUSTEIN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.