Direto da Fonte

Dilma fará um bom governo? O Brasil está pronto para vencer a Copa de 2014? Lula volta a usar a faixa presidencial? Os números, os astros e as cartas do tarô respondem a essas e a outras perguntas que marcam o novo ano.

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2010 | 00h00

APARECIDA LIBERATO

NUMERÓLOGA

''Dilma está sob a vibração 11 durante o ano de 2011 e esta não é exatamente uma energia fácil

Dilma terá sucesso em sua gestão?

Dilma Rousseff está sob a vibração 11 durante o ano de 2011 e esta não é exatamente uma energia fácil. A principal dificuldade, já que o 11 implica em duas pessoas, é lidar com relacionamentos e isso irá gerar um estresse que pode ocasionar um ritmo mais lento de crescimento. Essa ansiedade poderá refletir na saúde da presidente, da qual deve cuidar principalmente no mês de maio.

Dará continuidade ao forte crescimento da economia?

Em 2012, já mais tranquila, pois entra no ano 3, Dilma viverá um período em que será apoiada e admirada por outros chefes de Estado e pelo povo brasileiro. Nosso País terá seu grande desenvolvimento a partir de 2012. Porém deve se preocupar em fazer os ajustes que este ano de 2011 pede. Caso isso não seja realizado agora, o Brasil perde a mão em 2012 e toda a energia positiva do ano 3 escoará.

O Brasil entrará para o time de países de primeiro mundo?

Em setembro de 2010 o Brasil começou um novo ciclo de vida, o da energia da renovação. O ano de 2011 será caracterizado por conflitos que vão afetar sensivelmente um desenvolvimento harmonioso. No entanto, o Brasil está na caminhada para ser considerado uma nação de primeiro mundo e em 2012 terá a oportunidade de plantar as sementes. Mas só a partir de 2017 e de 2018 terá a energia a seu favor para receber alguma qualificação nessa ordem.

Lula volta nas eleições de 2014?

Em 2014, Lula concorrerá às eleições já que seu número indica grande força pessoal, autoconfiança, ambição e disponibilidade para fazer campanha e conquistar seus objetivos. Porém ao fazer aniversário, em outubro de 2014, sua energia pessoal muda e os acontecimentos a partir de então não garantem a sua eleição.

O surto da gripe H1N1 desapareceu. O mundo sofrerá outra epidemia?

O ano 4, somatório de 2011, é o ano das dificuldades em geral. Na área da saúde poderão ocorrer epidemias principalmente as de causas desconhecidas, exigindo muita atenção e grande controle na higiene e na alimentação.

O Brasil perdeu a Copa de 2010. Ganha a de 2014?

O time que Brasil terá em 2014 estará travado, sem condições de levar o País à vitória.

Alguma esperança de paz no Oriente Médio?

Não. Até 2013 não há possibilidades de ajustes e acordos. A partir dessa data o mundo passa a vibrar a energia 6 e com ela aumentam as possibilidades de atingir a paz.

Qual sua mensagem para 2011?

Atitudes eficientes, consciência da realidade, foco na produtividade e moderação são alguns dos objetivos deste ano de 2011. A contenção nas despesas e gastos, a valorização dos recursos naturais, o investimento em infraestrutura deverão ser nossas metas constantes. Vamos fazer o que nos cabe, um a um, organizando nossa vida de maneira produtiva e cortando os excessos.

CACÁ NOGUEIRA

ASTRÓLOGO

''Lula será novamente uma personalidade de destaque em 2014. Se for candidato, tem totais chances de ganhar

Dilma terá sucesso em sua gestão?

Desde 2009 até 2014, Dilma mantém uma grande força que impulsiona sua capacidade de liderança e a conquista de seus objetivos. Entre os anos de 2011 a 2013 essa força interna cresce, mas o período pede uma especial atenção à sua saúde mental e física. E é exatamente este aspecto que traz uma dúvida sobre o cumprimento de seu mandato. Dilma será uma presidente que irá incomodar muita gente. Seu perfil revela que, além de boa estrategista, é uma pessoa que não aceita imposições e sempre lutará para conseguir estabelecer suas metas. Terá uma atuação destacada no cenário internacional, mas deve ter cuidado com seus colaboradores. O período mais tenso será nos dois últimos anos de seu mandato.

Dará continuidade ao forte crescimento da economia?

Como a natureza da nova presidente é ser uma empreendedora, ela buscará o crescimento da economia, embora limitada por acontecimentos externos que encontraremos no ano de 2011.

O Brasil entrará para o time de países de primeiro mundo?

Não, enquanto o modelo econômico mundial não buscar novos rumos e valores que atenda o maior bem da humanidade: o capital humano.

Lula volta nas eleições de 2014?

Lula será novamente uma personalidade de destaque em 2014. Depende dele a sua candidatura e, se for candidato, tem totais chances de ganhar.

O surto de gripe H1N1 desapareceu. O mundo sofrerá outra epidemia?

Sim. O mundo está propício a outras epidemias.

O Brasil perdeu a Copa de 2010. Ganha a de 2014?

O Brasil terá boas conjunções nesse período, mas a taça poderá escorregar das nossas mãos. Teremos que analisar os aspectos astrológicos dos adversários.

Qual sua mensagem para 2011?

Um ano que traz grande impulso para o desenvolvimento humano, tecnológico, para as pesquisas em todos os campos. Novas descobertas científicas e todo tipo de equipamentos eletrônicos surgirão. Um ano em que toda a vida do planeta vai receber novas frequências vibratórias. Isto se deve pelo fato de nossos cérebros estarem recebendo novas influências energéticas, tanto do planeta Terra como do cosmos. No campo da medicina genética e tradicional, surpreendentes descobertas. Infelizmente, mais uma vez eventos climáticos causarão mortes. As pesquisas e realizações através de novas fontes e usos alternativos de energia também terão forte progresso. Os países que detêm tecnologia nuclear precisam ter cuidado com os possíveis acidentes. As estruturas arcaicas sociais, políticas, econômicas encontrarão intensas manifestações populares. Teremos um ano em que será necessário confrontar e agir diante do que precisa ser reformulado, melhorado em nosso planeta, em nossa civilização. E isso só poderá acontecer se cada indivíduo despertar essa consciência de que isso só acontece por meio dele.

TERUO YAMADA

TARÓLOGO

''O Brasil se incumbiu de muitos acontecimentos globais, como a Copa do Mundo e, infelizmente, não dará conta do recado

Dilma terá sucesso em sua gestão?

Terá, sim. E, ao contrário do que alguns possam pensar, terá também grande popularidade. O tarô mostra que ela tem tudo pronto em sua mente e que é mais inteligente do que muitos imaginam. Serão 4 anos pela frente de equilíbrio e sensatez.

Dará continuidade ao forte crescimento da economia?

Sim, dará, mas não o esperado. Em um Brasil ainda corrupto se tem no comando invisível forças maiores que impedem o crescimento verdadeiro do nosso País. O ano de 2011 será marcado por muitos escândalos na política e na economia, muita coisa podre irá aparecer levando a cara do Brasil a manchetes internacionais.

O Brasil entrará para o time de países de Primeiro Mundo?

Infelizmente, nosso País está longe de entrar para esse time. Como disse anteriormente, a corrupção, a falta de estratégia e a ganância de muitos não deixarão que isso aconteça. O Brasil se incumbiu de muitos acontecimentos globais, como a Copa do Mundo e, infelizmente, não dará conta do recado. O nosso País não está preparado para receber eventos de grandiosidade mundial.

Lula volta nas eleições de 2014?

O nosso ex-presidente tem em mente novos planos e isso já tinha dito na previsão de 2010. Algo maior se abre para ele, de abrangência global. Lula já teve uma amostra do que é reconhecimento mundial, portanto arriscará outros voos fora daqui. Mas tem a seu favor a sorte e o carisma de sempre.

O surto da gripe H1N1 desapareceu. O mundo sofrerá outra epidemia?

Ainda não desapareceu mas, com certeza, diminuíram bastante. Com o crescimento desordenado da população e a falta de estrutura básica para sobrevivência, a humanidade passará por problemas relacionados às epidemias. Por exemplo, surtos de novas doenças provenientes do Oriente podem vir a acontecer.

O Brasil perdeu a Copa de 2010. Ganha a de 2014?

Não ganha, com certeza perde novamente.

Alguma esperança na paz no Oriente Médio?

Nenhuma. Estamos diante de uma briga de dois grandes egos da humanidade que insistem em defender suas origens. As diferenças culturais serão marcadas em 2011; veremos casos de preconceito, violência gratuita e muita intolerância. Infelizmente, as pessoas ainda têm muito o que aprender sobre o amor universal.

Qual sua mensagem para 2011?

Quanto mais coisas boas você der ao universo, mais coisas maravilhosas o universo lhe dará. Plante o bem e colha o bem. Os antigos diziam que a justiça vinha a cavalo, hoje ela vem por e-mail. Pense antes de falar e de agir. Coloque o sentimento em primeiro lugar.

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

Gilberto de Almeida gilberto.almeida@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.