Direto da Fonte

Arranha-céu

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2010 | 00h00

Kassab está nos finalmentes do decreto que libera propaganda temporária na fachada do Copan. Tudo para viabilizar sua reforma. Isto significa que a segunda etapa da Lei Cidade Limpa será colocada em prática. O prefeito de São Paulo não está fazendo nada contra a atual legislação. A lei prevê, sim, o uso publicitário de certos espaços para benfeitoria.

Três bancos disputam a tarefa.

Arranha-céu 2

Affonso Celso Prazeres, síndico do edifício-símbolo da capital, nega que esteja conversando com qualquer banco. Avisa, porém, que contratará uma agência para identificar possíveis interessados. Logo que o decreto for publicado no Diário Oficial.

Martelo batido

Duarte Nogueira é o novo líder do PSDB na Câmara dos Deputados. Com apoio firme de Geraldo Alckmin.

No ar

A companhia aérea uruguaia BQB planeja entrar de vez no mercado brasileiro. Pediu autorização à Anac para operar regularmente.

Papai Noel tricolor

Os são-paulinos podem ganhar de Natal, de Juvenal Juvêncio, Juan: o zagueiro está com um pé no trenó. Já o atacante Ricardo Oliveira continua no páreo, mas ainda não foi embrulhado para presente.

Bom de briga

Marco Antônio Castello Branco, da Sociedade Amigos do Itaim Bibi, encomendou pesquisa de adensamento do bairro. Quer provar a Kassab que a provável venda de área de 20 mil m², no centro do bairro, causaria impacto profundo na região.

Construtoras almejam comprar a área, dando como contrapartida creches na periferia. "O tráfego de carros e de gente, hoje, no Itaim já é insustentável", justifica.

Se preciso, Castello Branco repetirá o que fez na sua briga de 11 anos pela criação do Parque do Povo: impetrou 12 ações no Ministério Público.

Luzes

A Aneel está propondo mudanças nas regras de revisão das tarifas, reduzindo as margens das distribuidoras de energia. Isso explicaria as cem demissões na Eletropaulo.

Consultada, a empresa justifica: desligamentos fazem parte da dinâmica natural de quem tem 6 mil funcionários.

Pelo cano

A Sabesp está cobrando da Prefeitura dívida de quase R$ 1 bilhão.

Segundo a estatal, pela falta de pagamento de água e esgoto de prédios municipais nos últimos dez anos. Acrescida de juros, correções e honorários advocatícios.

O processo tramitou pela 14ª Vara da Fazenda Pública e teve decisão confirmada pela 35ª Câmara do TJ-SP. Para a Prefeitura, o valor da cobrança é considerado absurdo.

Leite das crianças

Ivan Zurita decidiu: o garoto-propaganda da Nestlé Roberto Carlos cederá seu lugar em 2011 para... Claudia Leitte. Que, aliás, já traz no nome um dos principais produtos da multinacional.

E Ivete Sangalo será a nova garota da construtora Rossi.

Aresta

Durante a premiação da Editora Três, nesta semana, registrada a expressão desconfortável de Michel Temer, sentado ao lado de Dilma e Lula. Frio e formal, não dirigiu o olhar a nenhum dos dois enquanto discursavam.

A recíproca veio a galope: sequer foi citado na fala de ambos.

Aresta 2

Houve também "momento barraco" de Galvão Bueno. O locutor se estressou com a segurança da Sala Vip, que barrou sua mulher, afirmando não permitir a entrada de acompanhantes. Galvão ameaçou ir embora e acabou entrando acompanhado.

Aresta 3

Também na Sala Vip, Paulo Maluf atendia sem parar seu celular. Abriu todas as conversas com a frase: "Fala rápido que estou aqui com a presidenta Dilma."

Na frente

Gilberto Gil faz show de seu novo DVD Fé na Festa, Gravado no Retiro dos Artistas no Rio, onde mora Carmélia Alves, considerada a rainha do baião. É a ela que Gil dedica o espetáculo. Domingo, no Sesc Itaquera.

Juan Manuel Santos inaugura, segunda, usina hidrelétrica de US$ 900 milhões, construída na Colômbia pela Camargo Corrêa.

Vera Fischer lança seu primeiro romance, Serena, na Livraria do Café, do Shopping da Gávea, no Rio. Segunda.

O reajuste de salários do Legislativo e Executivo causou rebuliço na internet. Corria ontem na rede uma petição com quase 8 mil assinaturas contrárias ao aumento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.