Direto da Fonte

Primeiro contrato não se esquece

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2010 | 00h00

Alckmin acaba de acertar financiamento internacional de US$ 600 milhões antes mesmo da sua posse em janeiro. Na sexta-feira, o governador eleito selou acordo com técnicos da Japan International Cooperation Agency (Jica) de dois contratos mediante contrapartida do Estado.

O primeiro se refere à saúde das praias paulistas e será viabilizado por meio da Sabesp. Valor? R$ 200 milhões. O segundo, de R$ 400 milhões, tem como destino o combate à perda de água no sistema de saneamento básico. "O padrão internacional é de 13%. São Paulo, que apresenta média melhor que outros estados do País, ainda perde 26% do fluxo", lamenta Alckmin.

Moço da Bic

Quem assinará com o governador será Andrea Calabi, futuro secretário da Fazenda de São Paulo. "Aceitei o convite domingo, no fim do dia", conta Calabi, tucano-técnico que já foi presidente do BNDES, secretário executivo do Planejamento, e outras mais. Trabalhará para o Estado tendo feito uma promessa para sua mulher, Marta: a de que estará livre, em casa, às 20h.

Pena que não vai cumprir.

Cuidado, Batman

Ozzy Osbourne vai voltar para fazer mais um show no Brasil

Seu primeiro, promovido por Roberto Medina, quase foi cancelado. No dia do embarque, uma ONG de proteção de animais silvestres entrou com mandato de segurança impedindo a entrada de Ozzy no Brasil. Motivo: ele tem o hábito de comer morcegos.

O empresário negociou contrato com a ONG e avisou que o cantor se comprometeria a não comer os mamíferos durante sua estada no País. Antes de aceitar, porém, a ONG exigiu incluir na papelada, o item "morcegos e... Derivados".

No caderninho

Em vias de aceitar trabalhar com Dilma, Ciro Gomes terá que assumir linha "esqueça o que eu disse" em reuniões ministeriais.

Parte do PMBD ligado a Temer anotou algumas de suas declarações este ano. "Quem manda no PMDB não tem o menor escrúpulo: nem ético, nem republicano, nem compromisso público", é uma delas. Além do "é um ajuntamento de assaltantes, metralhando: "Michel Temer é hoje o chefe dessa turma". Nossa!

Suspense

Tudo indica que a Petrobrás não pode, neste momento, prescindir da liderança de José Sérgio Gabrielli. Dilma, no entanto, pelo que se apurou, ainda não conversou com o presidente da estatal. Seu time justifica: ela o fará depois que acabar de pensar na composição ministerial.

Nada de imagens

Quem entra no perfil do criador do Facebook, Mark Zuckerberg, tem uma surpresa. O empresário possui 2 milhões de amigos e pouquíssimas fotos. Dentre elas, há uma imagem dele com... Cazé Peçanha. Na entrevista, em julho, o VJ pediu que o bilionário cantasse sua música favorita da banda Green Day. Mas ele, tímido, se recusou.

Zoropa

Fernando Meirelles busca na Europa locações para seu novo longa. Não volta antes de fevereiro.

Na frente

Sérgio Cabral fala na sexta para convidados de Mario Garnero em evento da Brasilinvest, Fórum das Américas e Associação das Nações Unidas-Brasil. No Harvard Club, em Nova York.

Barrichello, Lucas Di Grassi, Max Wilson e Simoninha estão no Encontro de Craques. Hoje, na Volkswagen Haus.

Adriana Barra estreará nas passarelas, hoje, ao lado do stylist Felipe Veloso.

Andrea Matarazzo e a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo preparam homenagem para FHC, presidente da Fundação Osesp. Sábado, na Sala São Paulo.

A O2 Filmes comemora hoje seu novo prédio.

O novo e-commerce de moda NetLet inaugura suas operações em todo o Brasil. Hoje.

Rita Lobo autografa Panelinha. Hoje, na Cultura do Conjunto Nacional.

Eudóxia de Barros se apresenta domingo no Hebraica.

Correção: o jantar de Nizan Guanaes para Arianna Huffington é dia 21. E não hoje.

Conforme antecipado anteontem no blog da coluna, a Amil comprou o Hospital Samaritano no Rio.

Vanessa da Mata cantou, sexta, em São Paulo, com crise de hérnia de disco. Mesmo assim, ela rodopiou. E muito.

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

Gilberto de Almeida gilberto.almeida@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.