Direto da Fonte

Em capítulos

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2010 | 00h00

A saída de Luiz Sandoval, agora ex-presidente do Grupo Silvio Santos, foi definida domingo pelo próprio apresentador. Motivo? Seria dele, no fim das contas, a responsabilidade pelo Panamericano. Só não se sabia ainda qual a melhor forma de fazê-lo. Segundo alta fonte ligada ao mercado de TV, Sandoval pediu para ser dele a iniciativa de sair. E assim foi feito.

Em capítulos 2

Uma coisa é certa. A solução para o Panamericano sai ainda no governo Lula. Evitando desgastar Dilma ano que vem.

E se a opção do BMG não avançar, a ideia do BC seria, segundo fonte do setor, empurrar o banco para o Itaú ou Bradesco.

Cegonha e tucanos Geraldo Alckmin será novamente avô. Carla e Geraldinho, seu filho do meio, esperam... gêmeos. O governador já tem a neta Isabela, de 6 anos, filha do caçula Thomaz.

Gatão engajado

Bono Vox pediu encontro com Eike Batista, quando vier ao Brasil. Reflexo do sucesso de Madonna, que conseguiu angariar US$ 7 milhões junto ao empresário para a Sucess For Kids. Agora é a vez do vocalista do U2 tentar a sorte em prol da sua Fundação One.

Gatão engajado 2

Nem só de talento e rosto bonito vive Gael García Bernal. O ator se uniu à Anistia Internacional na categoria diretor de documentário. Tema? As mazelas dos imigrantes centro-americanos que cruzam o México rumo aos EUA. Em tempo: a ONG denunciou que 10 mil deles foram sequestrados nesse trajeto. Só no ano passado.

Sem rede

Consumidores que querem comprar um ponto adicional da NET podem se preparar. A empresa está com falta de decodificador digital por tempo indeterminado. Segundo sua assessoria, por causa da alta demanda. Vai faltar argumento quando encontrar "gatos". O aparelho existe apenas para os marinheiros de primeira viagem.

Interfone

A Galeria Marilia Razuk fechou parceria com a See Art Advisory, de Maria do Mar Guinle. Objetivo? Promover a arte brasileira na Europa. O diferencial é que as exposições serão montadas em apartamentos, a cada seis meses. Na estreia, a mostra Chez Toi, instalada no Marais, Paris.

Funcionário padrão

Pelé volta com tudo para o Santos. Não, não será para entrar em campo. O Rei acaba de assinar contrato cedendo o uso de sua imagem mediante devida remuneração.

A intenção do clube, ao colocá-lo na sua folha de pagamento, é usar Pelé para atrair recursos que comporão um novo fundo de investimentos voltado para compra de jogadores. Além, claro, de ajudar na ampliação do quadro de sócios.

Way out

O brasileiro Arthur Villas Boas foi demitido da Goldman Sachs, em Nova York. Com direito a investigação da SEC.

Percalço?

Confirmada mais uma cidade, além de Assis e Jaú, com problemas com o Saresp. Também em Garça, a numeração de algumas provas não bateram com números dos seus gabaritos.

Pai nosso

Dona Marisa não perde a oportunidade. Toda vez que encontra Luis Inácio Adams, cotadíssimo para a vaga no STF, atira: "Quem é mesmo seu pai?" A brincadeira gira em torno de outro Luiz Inácio, o Lula da Silva.

Eu, por mim

Para ser garoto-propaganda de suas próprias academias de ginástica, Alexandre Accioly resolveu contratar um personal-chef.

Com dieta balanceada e exercícios aeróbicos perdeu... 22 quilos.

Na frente

Flavio Settanni abre, segunda, a Sett, associado à Dora Zarzur. Um espaço para se exercitar baseado em conceito inovador elaborado pelo personal-vip. Acoplado ao projeto, vem também o Nandi Spa, de Alessandra Gubeissi. Decoração? Raquel Silveira.

O Instituto de Arte Contemporânea abre hoje exposição de Mira Schendel. Raquel Arnaud à frente.

Danny Jordaan, CEO do comitê da Copa da África do Sul, palestra segunda no WTC.

Eduardo Fischer recebe, segunda-feira, o prêmio Ecoturismo & Justiça.

A norte-americana Maria Schneider sobe hoje ao palco do Auditório Ibirapuera.

Alexandre Costa, da Cacau Show, lança Uma Trufa e Mil Lojas Depois. Na Cultura do Conjunto Nacional, segunda.

António Pita de Abreu, CEO da EDP, recebe título de personalidade do ano da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil. Segunda, na Hípica Paulista.

Patricia Carta, Idel Arcuschin e o Shopping Cidade Jardim promovem almoço em torno da RG100. No Fasano, amanhã.

Antonio Palocci ganhou apelido. Está sendo chamado no Planalto de Homem Invisível. Entra e sai do Palácio sem que ninguém o veja.

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

Gilberto de Almeida gilberto.almeida@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.