Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2010 | 00h00

Obama deu um show à parte ao comparecer ao encerramento do Clinton Global Initiative no Sheraton de NY, quinta. Convocado pelo ex-presidente Bill Clinton para apresentar sua mulher, Michelle, o presidente americano mostrou sua verve bem-humorada, apesar da baixa popularidade.

Ele contou que conseguiu conquistar sua mulher mesmo com seus amigos lhe repetindo: "Tudo bem, você é OK, mas ela é o máximo". E encheu sua companheira de elogios: "Até hoje, não sei como consegui convencê-la a se casar comigo". E Obama não resistiu. "Ainda bem que ela nunca quis entrar para a política: ganharia de mim", afirmou, olhando para Clinton, que se limitou a esboçar um sorriso. Enquanto a plateia veio abaixo.

Show biz 2

Ao subir ao palco, Michelle também mostrou seu jeito brincalhão: "Nada mal. Agora vocês sabem porque ele conseguiu que eu me casasse com ele". Em seguida, deu uma aula de como ler com perfeição no teleprompter. Uma verdadeira atriz, consciente de seu papel.

Business

Michelle falou, entre outros assuntos, sobre a importância de integrar os

veteranos de guerra ao mercado de trabalho. E fez um apelo: "Não o façam pelo coração e, sim, por um melhor futuro de suas empresas". E lembrou que trabalhar e fazer uma carreira não é só uma questão de sobrevivência. E, sim, de fazer a diferença.

Vice-versa

Para encerrar, Clinton observou. "Jamais imaginei na minha vida essa cena. Eu no palco e... Mick Jagger me assistindo."

SONIA RACY viajou a convite da BrazilFoundation.

Sonia Prado mudou de vida. Depois de trabalhar por 12 anos como designer de joias, enfrenta novo desafio: montar uma pousada em Trancoso, no Sul da Bahia. "Cheguei ali apenas para vender o imóvel e relaxar. Não consegui. Comecei a quebrar as paredes e quando percebi o projeto da Tangará estava de pé", conta. Como faltam alguns acabamentos e a ideia é respeitar a dinâmica dos baianos, ela preferiu deixar a inauguração para dezembro. "Aprendi a gostar das dificuldades, a estrada de terra é quem dita o ritmo de tudo que acontece por lá."

Retrato de Ruth

Fernando Henrique leu e gostou da biografia Ruth Cardoso - fragmentos de uma vida, que Ignácio de Loyola Brandão lança terça-feira na Livraria Cultura do Conjunto Nacional.

"É um livro humano e penetrante. Descreve muito bem o jeito da Ruth. Só alguém de Araraquara poderia ter feito um perfil como esse", comentou a pedido da coluna o ex-presidente.

Responsabilidade social

A Votorantim Metais tornou-se embaixadora da campanha Zinco Salva Crianças, apoiada pela Unicef. Arrecadará e doará recursos para ajudar os pequenos com desnutrição no Nepal e no Peru.

Ainda há ingressos para o Lês Chefs et Décor 2010, amanhã, na Daslu. Em benefício do Projeto Velho Amigo.

Crianças carentes, escolhidas em eleições promovidas nas escolas, desfilarão no Fashion Weekend Kids, no Rio. Quem for ao evento hoje poderá ainda doar brinquedos e livros para os colégios. A iniciativa é da TIM.

Walter Weiszflog, barítono, avisa. No concerto de lançamento de seu álbum no Espaço Sociocultural - Teatro CIEE, a bilheteria receberá doações em prol da Fundação Dorina Nowill. Terça.

A Camargo Corrêa comemora. Suas práticas sustentáveis nos canteiros de obras das hidrelétricas Jirau e Batalha serão destaque na Hydro2010, em Portugal, amanhã.

A farmacêutica Lilly cancelou o expediente do dia 1º por causa nobre. Seus 700 colaboradores desenvolverão atividades voluntárias em todo o País.

Yvonne Bezerra de Mello, fundadora do Projeto Uerê, lança o livro Aprender para Viver. Sobre o aprendizado de jovens com problemas de cognição. Quarta, no Rio.

A Axia Value Chain, empresa especializada em gestão empresarial, oferecerá um dia de entretenimento para crianças atendidas pela instituição Ludovico Pavoni. Em outubro, para comemorar o mês da criança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.