Direto da fonte

Fórum Clinton

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2010 | 00h00

O encontro da ONU esta semana em Nova York coincidiu com o fórum promovido por Bill Clinton, o Clinton Global Initiative, permitindo o ir e vir de presidentes, autoridades internacionais e integrantes do governo Obama. Como o quase ex-secretário do Tesouro americano, Larry Summers, que fugiu de perguntas e declarações um dia depois de ter anunciado sua saída.

Na plateia do evento, o homem mais rico do mundo, Carlos Slim, e Bill Gates, segundo no ranking. Além do bilionário indiano Ratan Tata que declarou à coluna ter, sim, planos de investir no Brasil. "No tempo certo", ponderou enigmático. E por que não atrizes como Demi Moore e Barbara Streisand? Dando sopa, sozinho, o reverendo Jesse Moon foi pouco assediado.

Fórum 2

Donna Karan, por sua vez, se encantou ao saber que a colunista era do Brasil. Afirmou que o País está no seu mapa e que tem mandado muitos amigos para ver "John of God". John of God? "Sim, aquele que com as mãos, cura", explicou.

Tradução: trata-se do médium João de Deus.

Fórum 3

Pelo jeito, para os organizadores do evento que terminou ontem com discurso de Obama e sua Michelle, uma Shakira equivale a uma Bush. A ausência da cantora colombiana - criadora da fundação Pies Descalzos -, no painel sobre o potencial humano do seminário, foi preenchida com a convocação da filha de outra debatedora, a ex-primeira-dama Laura Bush.

Barbara Bush trabalha em ONG comunitária.

Fórum 4

A CGI de Clinton concentra seus trabalhos da Ásia e África. São poucos os projetos pela América Latina até agora. Portanto, o Brasil acabou não sendo lembrado nas discussões. À exceção de Michael Bloomberg, prefeito de Nova York: ele contou ali ter fechado acordo para ajudar na melhora do sistema de transporte de algumas cidades brasileiras. Por meio da sua própria ONG, a Bloomberg Family Foundation.

Brasileiros no evento? Profissionais do Grupo ABC, liderados por Nizan Guanaes.

Fórum 5

Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia, sinalizou precisar de sapatos. Com seus seguranças, foi à Tod"s e praticamente fechou a loja. Mas olhou, olhou e saiu sem nada.

Desafinado

Quem acompanhou, anteontem, a carreata da chapa majoritária do DEM da Bahia, em Salvador, com ACM Neto, Paulo Souto e Aleluia, reparou. Nenhuma menção a Serra foi feita no carro de som e o nome do candidato à Presidência não foi visto nos adesivos e panfletos.

Questionado, ACM Neto não escondeu sua irritação com o comando nacional dos tucanos. Reclama de desorganização e afirma que até hoje não recebeu material do comitê central do PSDB.

Tietagem

Chico Buarque, depois de ler um trecho de Saramago em evento literário anteontem, foi jantar no Fasano. Junto com Pilar Del Río, viúva do escritor português, e a trupe da Cia. da Letras.

Tietagem 2

Um grupo de "chicólatras" sem convite organizou um "acampamento", com direito a lista de espera, na bilheteria do Sesc, duas horas antes do evento. Todos que entraram passaram pela sabatina das moças: "Tem ingresso sobrando?"

Equilibrista

Juvenal Juvêncio garante: "Dorival Jr. não vem para o Tricolor. A nossa aposta continua sendo o Sérgio Baresi", afirmou o presidente à coluna. "Em 2011, ele será o comandante do time que formaremos na maioria com garotos da base."

Na frente

Michael Madsen, ator americano, desembarca hoje no Festival do Rio para divulgar o filme Federal, de Erik de Castro. O ator fez questão de passar seu aniversário, que é amanhã, na Cidade Maravilhosa junto com a mulher, Deanna.

Os irmãos Rogério e Ricardo Blat retomam parceria com o espetáculo O Amor É Lindo. Dia 8, no Teatro Cultura Artística Itaim.

Andrea Matarazzo comanda amanhã o Sábado Cultural no Jardim Botânico.

A mostra León Ferrari, um Artista de seu Tempo abre, amanhã, na Arte Aplicada.

Dilsa e John Doddrell, cônsul inglês em São Paulo, abrem sua casa para uma Noite de Jazz em prol da Associação de Apoio à Criança em Risco. Hoje.

É hoje o Spring Off da Dior no Hotel Regent Park.

Djavan faz show de seu novo CD Ária. Hoje e amanhã, no Credicard Hall.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.