Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2010 | 00h00

Apesar da Bienal começar oficialmente só no sábado que vem, os vips internacionais já estão na cidade e enfrentam programação intensa. Começam com um jantar hoje, oferecido por Isabella Prata, seguido de jantar, amanhã, na casa de Heitor Martins, dirigente do exposição.

Também amanhã, Milú Villela recebe em sua casa convidados internacionais, bem como Arnoldo Wald e Marcos Arbaitman. Quem se interessar, poderá participar do Leilão de Arte de James Lisboa ou então ir à festa da Art Basel no Lions.

Na terça, mais três almoços: o de Milú Vilella em torno da diretoria do MoMA, no MAM. E o de Frances Marinho e de Jay Khalifeh , colecionador. À noite, está marcada a pré-estreia da Bienal. Só para convidados.

Levantou poeira

Ao que tudo indica, o investimento de Ivete Sangalo no lançamento da sua carreira internacional foi alto. Consta que o aluguel do Madison Square Garden, em Nova York, custa US$ 350 mil. Mais caro que o do Morumbi.

Falo, sim

Stacey Kent surpreendeu em show no Rio, quinta: só se dirigiu ao público em português. E aproveitou para mandar um alô para sua "professora de gramática", Regina Santos, que veio de BH especialmente para assisti-la.

Coisa séria

Lideranças culturais estão reunidas no PCult, o Partido da Cultura. Apesar de não ser legalmente constituído, Pablo Capilé, Penna Schimit, entre outros, visam a construção de uma "bancada da cultura", que irá trabalhar na politização do tema.

Luisa Strina vive momento de renovação. Depois de 36 anos no mesmo espaço, transfere hoje sua galeria da Rua Oscar Freire para a Padre João Manoel. Mas não abandonará o antigo endereço. Pretende montar ali seu acervo. "A mudança foi mais complicada do que ganhar um filho. Entre negociações e reformas, até chegar ao parto, foram quatro anos e meio", brinca a marchand. Para comemorar a nova fase, inaugura também a mostra Primeira e Última, organizada por Rodrigo Moura. Com sala especial para Cildo Meireles.

Responsabilidade social

O Consulado da Mulher, projeto social da Consul, desembarca nos EUA. Será apresentado no encontro anual da Clinton Initiative, do ex-presidente dos EUA.

A Dior avisa: parte da renda arrecadada do bazar que acontece sábado será revertida para a Aliança de Misericórdia e para a Lo Tedhal.

Gloria Coelho promove desfile em prol do Centro de Capacitação Profissional Veleiros. Amanhã, no Contemporâneo 8076.

O chá em benefício da Fundação Dorina Nowill será no dia 4, no Terraço Itália.

A Hope quer contribuir. Suas lojas, agora, têm caixinhas para doações ao Hospital de Câncer de Barretos.

A Roche comemora. Foi eleita a companhia líder no ranking global do setor de saúde pelo Índice Dow Jones de Sustentabilidade.

Os operários que trabalham na construção do Shopping Granja Viana foram para o canteiro de obras ontem...curtir um dia de lazer. Trata-se do programa Tudo em Família, da Racional Engenharia.

A mostra Registros, de arte inclusiva, organizada pelo Instituto Rodrigo Mendes, vai até o dia 9. No Centro Cultural São Paulo.

Estilistas pilotam workshop de moda sustentável dentro da programação do Setembro Verde, promovida pela Matilha Cultural. Na Galeria Mundo Mix, sábado.

Ponto para a ArcelorMittal Vega. A empresa realiza o inventário de biodiversidade na reserva que mantém em SC.

Detalhes nem tão pequenos...

1. Ecoa o forró: "Oh, tum tum bate coração / coração tem que bater".

2. O tempo seco levou as moças a mergulharem em busca de refresco artístico.

3. Não é butô nem sumô. Mas o lado puro da delicadeza do Japão.

4. Esse modelo nunca sai de moda, mas as cores estão sempre se renovando.

5. Carolina Herrera nem bem chegou e a elegância já desfila solta pelas ruas paulistanas. Todo o ar primaveril.

6. As marcas não mentem a experiência e a personalidade impressa nas mãos do poeta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.