Direto da Fonte

Curta e direta

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2010 | 00h00

Indagada, ontem, sobre sua quebra de sigilo, Verônica Serra contou as palavras se limitando a dizer: "O que fizeram comigo foi uma violência e este crime deve ser investigado com rigor. A leniência em apurá-lo coloca em risco a democracia e a credibilidade das nossas instituições". E só.

Feitiço e feiticeiro

Parte do comando da campanha política de Serra defende cautela no uso da violação do sigilo fiscal de Verônica na propaganda eleitoral. Temem que a população não compreenda corretamente o que significa o tal " sigilo fiscal" e entenda o fato de maneira inversa: uma tentativa do candidato tucano de esconder algo escuso, errado.

Até onde se sabe, Luiz Gonzalez, marqueteiro de Serra, se posicionou a favor de incluir o escândalo na campanha.

Menino do Rio

Indio da Costa, vice de Serra, foi barrado na entrada do palanque, anteontem, durante encontro de prefeitos com Serra, no Credicard Hall. Acompanhado de Cássio Cunha Lima, também impedido de subir. "Não sou obrigado a saber quem é todo mundo", justificou o segurança que teve que voltar atrás.

Já Andrea Quércia fez o maior sucesso. Passou tranquila pela segurança...

De sangue quente

Aliás, Serra saiu direto do encontro para gravar o contundente programa de ontem.

Comilança

Dona Marisa Letícia dá apoio a Mercadante, hoje, no jantar do restaurante São Judas, em São Bernardo.

O candidato separou propostas especificas para apresentar à comunidade árabe de SP.

Jogada eleitoral

Gabeira está em dúvida se pede ajuda para Eike Batista por causa de problemas ambientais. Em 2008, o empresário o apoiou com R$100 mil.

Ele, o cara

Paul Krugman, Nobel de Economia, aceitou vir ao Brasil.

Chega e parte de São Paulo, dia 16, a convite do Fórum IBM. Para uma só palestra.

All banners

Quem aterrissa semana que vem em São Paulo, logo depois do feriado, é ... George W. Bush. Tentando passar desapercebido, programa ficar um dia e meio, a convite da seguradora indiana Perfect.

Do futuro

Poucos imaginariam um resultado tão expressivo para um negócio literalmente embrionário.

Em seu primeiro relatório sobre bancos de sangue de cordão umbilical e de placenta, a Anvisa acaba de concluir que, entre 2003 e 2009, mais de 34 mil brasileiros pagaram para congelar material genético.

Fiel , fiel

Edir Macedo está feliz com seu rebanho. Depois da unidade da Igreja Universal, em Faro, Portugal, ter sido destruída, os pastores encontraram uma testemunha.

Identificada como Conceição, a portuguesa afirma em vídeo que recebeu oferta de mil euros para depor a favor do motorista maluco que operou a escavadeira demolidora. E recusou.

Lista modesta

Nada de toalhas brancas ou rosas vermelhas. Maria Rita e Maria Gadú querem é "Toddynho" no camarim do Festival de Música Latina Telefônica Sonidos, de 21 a 25, no Jockey.

Na frente

Lauryn Hill, que se apresenta terça, no Credicard Hall, já entrou no clima. Apareceu, no palco em NY, usando modelito de Alexandre Herchcovitch.

Trupe de Israel faz apresentação única da peça Odisseia Caótica, versão contemporânea da obra de Homero. Amanhã, na Hebraica.

Jeff Chies, diretor de cena da Cia. de Cinema, leva seus quadros para expor na Galeria Infantellina Contemporary, em Berlim. No fim do mês.

A individual de Carmela Gross abre amanhã, na Pinacoteca do Estado.

Mariana Magtaz seleciona joias a serem expostas, em outubro, no Smithsonian National Museum Indian de Nova York.

Ferreira Gullar comemora 80 anos lançando CD com poemas seus musicados por Ronaldo Mota.

Provocou suspiros a visita de Juan Manuel Santos ao Palácio do Planalto...

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

Gilberto de Almeida gilberto.almeida@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.