Direto da fonte

O cerco continua

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2010 | 00h00

O TSE está desconfiado. Pediu ao Conselho Nacional de Justiça a lista dos 14.900 cartórios brasileiros. Decidiu investigar se eles estão doando dinheiro para os candidatos nas eleições, o que é proibido por lei.

Na pessoa física, os donos dos cartórios podem fazê-lo. Mas na jurídica, não.

Concentração?

Depois da venda da Iuni Educacional para a Kroton e do Sistema Anglo de Ensino para a família Civita, vêm aí mais negociações na área de educação.

Uma delas é a venda do Grupo Universitário Maurício de Nassau, sediado em Recife.

Tentar não ofende

O Movimento Nossa São Paulo elabora proposta para federalizar a Lei do Programa de Metas, que hoje vigora na capital paulista.

Em São Paulo, o prefeito é obrigado a apresentar metas para sua gestão de acordo com as promessas da campanha eleitoral. E prestar contas a cada semestre. Kassab é o primeiro a fazê-lo.

Intimista

Ricardo Teixeira, da CBF, justifica não ter levado técnicos para a reunião com Alberto Goldman e Kassab, ontem, em São Paulo.

O governador teria pedido a ele algo menor, informando que chamaria apenas o secretario Francisco Luna.

Cera

Foi adiada, mais uma vez, a decisão se Maradona fica ou não na seleção argentina. O empecilho desta vez é a visita que o ex-craque fez a Chávez.

Sem afogadilho

Independentemente se vai ou não vencer o Pan Pacífico, dia 18, nos Estados Unidos, Cesar Cielo está arriscado a morrer na praia quando voltar a treinar no Rio de Janeiro.

O nadador do Flamengo dará de cara com uma piscina em plena reforma.

Sabedoria

Textos acadêmicos de Ruth Cardoso serão reunidos em um único livro por sua orientanda Teresa Caldeira, hoje professora da Universidade de Berkeley.

Esperando a aprovação do Ministério da Cultura, para entrar na Lei Rouanet, Ruth Cardoso - Obra Reunida abraça a trajetória intelectual da reconhecida socióloga.

Prenúncio

O PT não gostou do pito geral de Dilma Rousseff durante reunião no quartel general do partido, no Hotel Imperial, em Brasília, na semana passada.

Ela não se limitou a criticar a troca de programas entregue ao TSE indo além. Questionou também os pontos polêmicos do programa original do PT.

Prenúncio 2

Dilma ouviu de Zé Eduardo Dutra que o documento foi aprovado durante o congresso nacional do partido, ao que a candidata reclamou: "O PT não compreende o governo Lula".

Pelo que se apurou, José Eduardo Cardozo fez "cara de paisagem", enquanto Marco Aurélio Garcia, coordenador de programa de governo, falou em...contrabando de informação.

No papel

Foi batizada de Odebrecht-EADS Defesa e Segurança, a empresa que resultará da joint-venture criada pelos dois grandes grupos para atuar a partir de São Paulo.

De olho no enorme programa de reorganização das Forças Armadas e no mercado exportador.

Quem vem

Já tem nome e sobrenome o novo embaixador do Iraque no Brasil: Baker Fattar Hussen, que estava na chancelaria em Bagdá. Será recebido por Lula dia 5. O posto estava vago há 15 anos.

Na frente

Foi puro sucesso a inauguração da mostra de Wesley Duke Lee, terça, na Pinakotheke Cultural do Rio. Com grandes nomes das artes plásticas e do Grupo Rex, importante coletivo de crítica do sistema de arte dos anos 60.

Upgrade: o queijo de Minas é mote, em Londres, de palestra hoje de Ângela Gutierrez, promovida pela Unesco.

Andrucha Waddington está em SP. O diretor pega Jorge Drexler hoje no aeroporto para gravar clipe de seu longa Lope.

Dirigida por Plácido Domingo, a Orquestra Jovem das Américas (YOA) chega a SP, dia 9. Para única apresentação no Teatro Bradesco.

Bruno Bomeny recebe Penny Ballem, city manager de Vancouver, para palestrar sobre as Olimpíadas. Dia 26, no WTC.

Será com participação inédita da Orquestra Sinfônica Brasileira a trilha sonora de Nosso Lar, longa baseado no livro de Chico Xavier.

Geyse Arruda, a loira da Uniban, atacará de DJ. Domingo, no Sonique.

Trocadilho gaiato postado no falso Twitter do candidato tucano: "Serra treme sempre que seu vice versa".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.