Direto da Fonte

Sol maior?

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

09 de julho de 2010 | 00h00

Mais um capítulo da novela Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. Depois de documentar como "insustentável" a situação de trabalho e questionar a "competência artística do maestro" Rodrigo de Carvalho, os músicos da orquestra enviaram novo documento à diretoria.

Desta vez, amenizando o tom das críticas e fazendo mea-culpa. A coluna teve acesso à nova carta, em que a situação é descrita como "uma série de pequenos desentendimentos". Afirmam que a "deterioração do ambiente de trabalho é fruto da falta de diálogo de ambas as partes". E que é reconhecido "o inegável potencial artístico do maestro".

Sustenido

No entanto, a missiva ratifica o desejo de substituição de Carvalho, maestro interino. Segundo os músicos, ele não teria "o perfil almejado pela orquestra para o cargo de regente titular". Em concerto no Chile, Carvalho não comentou o assunto.

Adrenalina

O Brasil pode ter um vice-presidente fã de esportes radicais. Índio da Costa declarou ao TSE: cerca de R$ 180 mil em ultraleve e acessórios de voo.

Às claras

A relatora Morgana Richa aceitou o pedido de Fausto De Sanctis. E decidiu suspender o sigilo no julgamento de representação disciplinar no caso Satiagraha contra ele.

Fora dos trilhos

A Ferrovia de Integração Oeste-Leste, de Ferreirópolis a Ilhéus, está parada sob análise do MP de Tocantins e do TCU.

O MP entrou com ação contra a Valec Engenharia e o Ibama, questionando a licença ambiental apresentada. O grupo ecológico Gambá pediu ao TCU exatamente o mesmo.

De pouca fé

A seleção da Holanda teve que deixar o Hotel Hilton, de Johannesburgo. Não havia feito reserva para o fim da Copa.

Coincidência ou não, a comitiva de Lula entrou para ocupar os mesmos quartos.

Altar plural

Se não entrar areia no processo, a Argentina será o primeiro país da América do Sul a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A decisão do Congresso deve ser promulgada dia 14, com as bênçãos do casal Kirchner.

Intocável

O Condephaat acaba de tombar os jardins da orla de Santos. A área já entrou para o Guinness como a maior extensão ajardinada.

Filme de metal

O Sepultura ganhará um filme para chamar de seu. Andreas Kisser, guitarrista da banda, procurou Otávio Juliano - depois de assistir ao premiado Árvore da Música - para dirigir o documentário.

O longa registrará a turnê e a gravação do novo CD do grupo.

Rei posto

O novo número dois da igreja Assembleia de Deus é o pastor Oscar Moura. Entra no lugar de Silas Malafaia, que saiu da vice-presidência depois de fazer denúncias contra a instituição.

Força tarefa

Zoroastro Sant"Anna tem muito trabalho pela frente. Roda em março o filme sobre Lampião, o primeiro autorizado pela família do cangaceiro e de Maria Bonita.

Falta ainda definir o elenco que será composto por 164 pessoas e 4.000 figurantes. O diretor promete casting estrelado.

Leveza do ser

Sérgio Mamberti, 71 anos, ator e presidente da Funarte, tem metas a cumprir. Em oito meses de dieta perdeu 27 quilos.

Faltam nove para chegar à tão sonhada marca dos 90.

Na frente

Lily Marinho recebe em sua casa convidados para almoço em torno de Dilma Rousseff. Hoje, no Rio.

Maria João Pires, pianista portuguesa, viajou do Nordeste para concerto na Sala São Paulo e preferiu dispensar o hotel. Hospedou-se com os filhos em uma casa. Ela é seguidora da dieta vegetariana e prefere preparar seus próprios alimentos.

FHC não está em campanha mas visitou, terça, o AfroReggae em Vigário Geral. Lá, se encontrou com José Junior para saber mais sobre a instituição que começou em 93.

De olho nos jogos olímpicos de 2016, a Confederação Brasileira de Rugby organiza um torneio juvenil com atletas promissores. Dia 18, em São José dos Campos, com apoio da Cultura Inglesa.

Tem Encontro de Talentos no Insper (ex-Ibmec), terça.

Antonio Azeredo da Silveira terá sua história contada. A passagem do chanceler pelo governo Geisel é tema de livro de Matias Spektor, da FGV. Chega às livrarias em setembro.

A ideia de vender bonequinhos de Lula não agradou só petistas. "Vai ser ótimo... para fazer vodu", soltou tucano já pensando em magia negra.

Colaboração

Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado.com.br

Gilberto de Almeida gilberto.almeida@grupoestado.com.br

Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado.com.br

Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.