Direto da fonte

Pelo mundo

Sonia Racy, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2010 | 00h00

O que acontece com os direitos humanos em Cuba ou no Irã parece não incomodar muito o governo brasileiro. Mas causou "grande preocupação" ao Itamaraty nova lei aprovada no Estado de Arizona, nos EUA - a ponto de motivar uma nota oficial.

A regra americana, sobre controle migratório, dá "poder discricionário aos agentes policiais para verificação da situação migratória e prisão de estrangeiros", segundo a diplomacia brasileira. Dar igual tratamento a indocumentados e a criminosos "subverte noções elementares de humanidade e justiça", acrescenta.

O Itamaraty chega a lembrar que há brasileiros entre os detidos. Sugestão oficial? Que se adote lá a lei brasileira sobre o assunto de 2009.

Para todos

Brenno Mascarenhas, do TJ do Rio, derrubou a ação de garis do Estado contra Boris Casoy, que os destratou em comentário na Band, em 2009.

O juiz decidiu que "não gera dano moral a imputação genérica, indiscriminada e coletiva".

Acreditem

Heitor Martins pode retirar os andaimes temporários queserviam de escadas de incêndio na Bienal. Acabam de entrar os R$ 4 milhões prometidos por Juca Ferreira para a recuperação do Pavilhão.

Dança erótica

No mesmo dia em que Kassab vem a público dizer, no Valor, que sem a mudança na Lei de Responsabilidade Fiscal a dívida de SP é impagável, saiu no Diário Oficial curiosa oferta:

A Prefeitura está dando cursos gratuitos de... pole dance - a tal dança do poste.

Ufa!

Edmundo, o "animal", não vai mais se candidatar a deputado no Rio. "O Eurico Miranda chegou a me convencer, mas tenho outras prioridades agora", explicou.

Eu, vivinho

Alberto Goldman faz hoje sua primeira reunião de governo com todos os secretários. Às 9 horas em ponto. Quem avisa amigo é.

Chapéu

O prometido churrasco aos meninos da Vila deve ficar para depois do final da Copa do Brasil. Tem carne, mas faltam data e... Cerveja.

Ensaio geral

Roberto Carlos dará reciprocidade à Beija-Flor: pretende fazer um samba em homenagem à escola, que o escolheu para tema-enredo de 2011. Foi o que prometeu aos cariocas em reunião na segunda, em São Paulo, quando confessou: nem dormiu, de tão ansioso, quando soube que seria ele o escolhido.

A vida da escola, no entanto, não será fácil. O Rei quer acompanhar o trabalho de perto e até reunir-se com os compositores do "seu" samba-enredo.

Ainda bem que a Beija-Flor é azul e branca...

Home, sweet

Oscar Niemeyer recebe alta amanhã e volta para casa.

Esse cara é bom.

De orelha em pé

Com direito a abertura por Henrique Meirelles, o Bradesco BBI reuniu, durante três dias, discretamente, 21 gestores nacionais e internacionais cujos bolsos somam US$ 1,5 trilhão.

Até ontem, os convidados ouviram, ouviram e ouviram. Luiz Galvão, do BBI, defende a ideia de que o setor financeiro seja o canal de contato e acesso de todos a informações.

Câmaras, ação

O anúncio de de recall dos veículos Corolla, pela Toyota, não encerra o episódio.

O Ministério da Justiça quer investigar se a empresa demorou indevidamente - e por que - para tomar a decisão.

Perdão em bronze

Iris Rezende aceitou irrecusável pedido de perdão. Do governo brasileiro, que cassou seus direitos na época da ditadura.

Foi incluído na Caravana da Anistia, que está rodando o Brasil pedindo desculpas.

Na frente

Exposição de fotos, no Trio, dia 25, revela quatro amadores viciados: Leão Serva, Adolfo Leirner, Caio Túlio Costa e Beto Ricardo. Haverá leilão beneficente dia 6 de junho, para a ONG ISA.

Design. Houssein Jarouche, da Micasa, recrutou time de artistas para customizar mini-caçambas de lixo.

Notada uma nova febre entre as jovens indígenas em Rio Branco, no Acre: usar lentes de contato azul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.