Diogo Vilela vai interpretar Ary Barroso

Depois de se destacar como diretor e intérprete, Diogo Vilela prepara-se para estrear como dramaturgo. Apesar de já ter duas peças escritas e devidamente guardadas à espera de um retoque final, é com a terceira que ele vai revelar outra face de seu talento. E justamente sobre a vida de outro grande nome artístico brasileiro: o músico, compositor, jornalista e apresentador Ary Barroso (1903-1964).

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2010 | 00h00

"Fiquei fascinado com os detalhes de sua vida e obra", conta Vilela que, depois de uma extensa pesquisa, dá os últimos retoques em Ary - Do Princípio ao Fim, que deverá ser montada no próximo ano.

"São apenas três personagens em cena, além de uma banda, e a história começa quando Ary já está morto", conta o ator, que vai extrapolar o realismo para, a partir das lembranças do músico, rememorar seus grandes feitos, como a criação de Aquarela do Brasil, uma das canções brasileiras mais conhecidas e executadas no mundo. "Apesar de ser uma música elaboradíssima, ele foi erroneamente acusado de nacionalista."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.