Diocese veta filmagem de 'Anjos e Demônios' em igrejas de Roma

Livro é do mesmo autor de 'O Código Da Vinci'; adaptação será estrelada por Tom Hanks.

Bethany Bell, BBC

16 de junho de 2008 | 23h00

A Diocese de Roma proibiu que um novo filme com a adaptação para o cinema de mais um romance de Dan Brown, autor de O Código Da Vinci, seja rodado em duas das mais conhecidas igrejas da cidade.Os produtores tiveram negada permissão para filmar Anjos e Demônios no interior das igrejas de Santa Maria del Popolo e Santa Maria della Vittoria, que contém obras de Caravaggio.As igrejas são locais de cenas-chaves do romance. É onde dois cardeais são encontrados mortos.O porta-voz da Diocese, Marco Fibbi, disse que foi negada autorização para o trabalho porque o filme não se adequa ao pensamento da Igreja Católica. Segundo ele, a polêmica criada em torno de O Código Da Vinci influenciou a decisão. Dan Brown tornou-se conhecido mundialmente com O Código Da Vinci, obra também transportada para as telas, e que causou polêmica e protestos por parte do Vaticano. O livro diz que Jesus se casou com Maria Madalena e teve filhos que iniciaram uma linhagem existente ainda hoje. Anjos e Demônios, o primeiro livro de Brown a trazer o personagem Robert Langdon, vivido por Tom Hanks no cinema, é uma espécie de prólogo de O Código Da Vinci. Os dois filmes contam com a direção de Ron Howard.Lançado em 2006, O Código Da Vinci arrecadou mais de US$ 750 milhões nas bilheterias do mundo todo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.