Dilma lamenta no Twitter morte de García Márquez

A presidente Dilma Rousseff utilizou sua conta no microblog Twitter para lamentar a morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez, que morreu hoje, no México, aos 87 anos.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

17 de abril de 2014 | 19h48

"Dono de um texto encantador, Gabo conduzia o leitor pelas suas Macondos imaginárias como quem apresenta um mundo novo a uma criança", escreveu Dilma, que afirmou receber com "tristeza" a notícia. "Seus personagens singulares e sua América Latina exuberante permanecerão marcados no coração e na memória de seus milhões de leitores."

Tudo o que sabemos sobre:
gabriel garcía márquezmorteDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.