Diddy em 2010, com convidados e bate estaca

HIP HOP[br]DIDDY[br]DIRTY MONEY[br]LAST TRAIN TO PARIS [br]Universal[br]Preço: R$ 25[br]REGULAR

, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2011 | 00h00

O hip hop dançante do Black Eyed Peas dita o arranjo de boa parte das produções de Sean "Diddy" Combs e o seu grupo Dirty Money n o disco Last Train to Paris. Como sempre, mais empresário do que rapper, Diddy passa bastante tempo nas laterais do campo, agitando o seu time de galácticos com frases de efeito. As participações especiais trazem nomes que estouraram em 2010, como Rick Ross e Drake, assim como os veteranos do "game" como Justin Timberlake e Lil Wayne. Essa terceirização gera bons singles, mas não eleva o disco acima do hip hop ultracomercial.

OUÇA TAMBÉM

MC HAMMER

Artista: Rick Ross Álbum: Teflon Don Gravadora: Def Jam Preço: R$ 10 (amazon.com)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.