Dickens escreveu livro de receitas

O célebre romancista inglês do século 19, Charles Dickens, escreveu em segredo um livro de receitas de cozinha que teve um grande êxito em seu tempo, segundo revelam documentos encontrados recentemente e publicados hoje pelo The Times.O autor de romances famosos como Oliver Twist, DavidCopperfield, Uma História de Natal, entre seus inúmeros títulos, é também o autor do livro de cozinha What Shall We Have for Dinner? ("O Que Teremos para o Jantar?"),publicado en 1851, com o pseudônimo de Lady Maria Clutterbuck.O romancista costumava chamar sua esposa Catherine de Lady Clutterbuck e ambos seriam aficcionados pela arte culinária, especialmente pela cozinha da época vitoriana, segundo os documentos de propriedade dos herdeiros de Mark Lemon, amigo do casal Dickens.Os documentos são umas notas escritas pela filha de Lemon,Betty, que relata as visitas de Dickens a sua casa, nas quais freqüentemente o casal ajudava a preparar o jantar. Os textos foram encontrados por Tim Matthews, de 73 anos, tataraneto de Lemon.As tripas e o suflê de ostras eram pratos favoridos dosDickens, que após o jantar retiravam-se ao escritório da casa e conversavam sobre cozinha e escreviam as últimas receitas.?Falava-se de várias receitas que eventualmente eram compiladas no livro de cozinha?, dizem as notas de Betty Lemon, nas quais afirmou que o tal livro de receitas ?foi uma grande sensação, mas teria sido muito mais se o próprio Charles Dickens tivesse difundido sua autoria. O segredo foi guardado a sete chaves?.O livro contém 42 páginas de receitas com menus para o outono, o inverno e para o verão. Lady Clutterbuck é um personagem da pe?ça de teatro Used Up, que foi interpretada por Catherine Dickens e produzida por seu marido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.