DiCaprio critica Bush e cobra política ambiental

O ator Leonardo DiCaprio cobrou hoje do presidente americano George W. Bush sua participação na Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+10), que será realizada neste mês em Johannesburgo, na África do Sul. "Senhor Bush, queremos que seja um presidente que olhe para o futuro", disse o astro de Titanic, em uma manifestação convocada pela organização ecológica Global Green USA. O ator aproveitou para repetir que os Estados Unidos são o país que mais polui no mundo todo e criticou o presidente por não cumprir o Protocolo de Kyoto, acordo mundial para o controle da poluição industrial. Até agora, Bush ainda não confirmou sua participação na cúpula.

Agencia Estado,

13 de agosto de 2002 | 15h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.