Diamante de 101,27 quilates é vendido por R$ 9,9 milhões

Pedra, leiloada em Hong Kong, é a maior incolor a aparecer em um leilão em 18 anos, segundo a Christie's

Da BBC Brasil, BBC

28 de maio de 2008 | 13h10

Um diamante de 101,27 quilates - do tamanho de uma bola de pingue-pongue - foi vendido em um leilão em Hong Kong nesta quarta-feira, 28, por mais de US$ 6 milhões (cerca de R$ 9,9 milhões). A pedra é o maior diamante incolor a aparecer em um leilão em 18 anos, segundo a casa de leilões Christie's. Colocado em uma tiara, o diamante é um de apenas quatro diamantes incolores com mais de 100 quilates colocados à venda e foi o maior já vendido na Ásia. O leilão foi a maior venda de jóia já realizada pela Christie's em termos de valor. No total, mais de US$ 60,1 milhões (R$ 100 milhões) em jóias foram vendidas no evento. Alvoroço A Christie's disse que o aparecimento da pedra no mercado "criou um alvoroço". O diamante foi colocado à venda por um indíviduo anônimo e obtido por um comprador de Hong Kong que participava de um leilão pela primeira vez e que fez o lance pelo telefone. O novo dono terá o direito de dar um nome ao diamante. François Curiel, diretor internacional da Christie's e leiloeiro do evento, disse que as pessoas presentes ficaram "pasmas" com os altos preços. "As pessoas olhavam de um lado para o outro. Estávamos quebrando recordes mundiais o tempo todo", disse Curiel. "Ninguém conseguia acreditar." A pedra, sem falhas internamente, foi tirada de um diamante bruto de 460 quilates e tem 92 facetas. O diamante foi encontrado na maior mina da África do Sul, chamada de Premier Mine, onde o maior diamante bruto do mundo - o Cullinan - também foi encontrado.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
diamante leilão hong kong

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.