Dez principais estreias no teatro em 2017

O ano de 2017 ainda nem começou e o 'Divirta-se' já está de olho no que a cidade receberá de bom durante os próximos meses

O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2016 | 21h13

1) Um dos mais famosos textos de Dias Gomes – imortalizado na TV nos anos 1980 –, Roque Santeiro será levado aos palcos a partir de janeiro, em um musical (foto) com direção geral de Débora Dubois e direção musical de Zeca Baleiro.

2) Aos 70 anos, a cantora Wanderléa, ícone da Jovem Guarda, estrela o espetáculo 60! Década de Arromba – Doc. Musical, dirigido por Frederico Reder e previsto para o mês de março.

3) O diretor Wolf Maya e a atriz Nathalia Timberg fazem parceria no segundo semestre. La Celestina, clássico de Fernando de Rojas, tem também Bárbara Paz e Lu Grimaldi no elenco.

4) Previsto para abril, a Cia. Pessoal do Faroeste faz um recorte de ‘Romeu e Julieta’: transpõe o coro da obra de Shakespeare para a atualidade brasileira, em um bairro de São Paulo.

5) Em janeiro, estreia Se Eu Fosse Iracema, peça sobre questões indígenas. Com atuação de Adassa Martins e direção de Fernando Nicolau, ela teve duas indicações ao Prêmio Shell, no Rio.

6) Claudia Abreu, Leandra Leal e Luís Miranda são alguns dos atores de Insana, peça prevista para o segundo semestre, com texto de Jô Bilac e Julia Spadaccini, e direção de Nilton Moreno.

7) Dorotéia, texto de Nelson Rodrigues, chega ao Centro Compartilhado de Criação em março, em peça com direção de Jorge Farjalla e atuação de Rosa Maria Murtinho e Letícia Spiller.

8) Aliás, o Centro Compartilhado de Criação estará, em janeiro, em nova sede, na Barra Funda. Antes de ‘Dorotéia’, ele recebe reestreias do Banquete Cultural e do Teatro Balagan.

9) No segundo semestre, Zé Henrique de Paula dirige Um Panorama Visto da Ponte, adaptação da obra do dramaturgo Arthur Miller, com Sergio Mamberti e Rodrigo Lombardi no elenco.

10) Em junho, o CCSP retoma a Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos. ‘A Mulher que Digita’, com texto de Carla Kinzo, é a peça que abre a programação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.