Philippe Wojazer/ Reuters
Philippe Wojazer/ Reuters

Dez anos após sua morte, Alexander McQueen continua inspirando mundo da moda

Um dos estilistas mais respeitados, britânico desenhou roupas para inúmeras mulheres, como Byoncé, Lady Gaga, Cameron Diaz, Sandra Bullock e Michelle Obama

Redação, Ansa

11 de fevereiro de 2020 | 12h27

A morte de Alexander McQueen, um dos estilistas mais respeitados do mundo, completa 10 anos nesta terça-feira, 11. Apesar disso, o legado do britânico no setor da moda segue vivo atualmente.

Ao longo da carreira, McQueen desenhou roupas para diversas estrelas mundiais, como Beyoncé, Lady Gaga, Cameron Diaz, Sandra Bullock e Michelle Obama, além de ter se consagrado no mundo da moda. No entanto, o estilista sofria de depressão e se suicidou em 2010, aos 40 anos de idade.

Harriet Verney, uma de suas antigas colaboradoras e editora da revista Love Magazine, afirmou que McQueen foi uma "lenda" e selecionou algumas históricas peças criadas pelo estilista para homenageá-lo na publicação.

"Trabalhei como aprendiz do Alexander aos 16 anos. Ele tinha uma habilidade e um talento para roupas incríveis. Ele sabia como sair da caixa e fazia isso não apenas com sua abordagem de design e alfaiataria alta, mas também para roupas femininas em geral, vestindo mulheres com uma abordagem sem precedentes. Sua revolução foi necessária no setor e abalou um mundo que precisava de um terremoto", disse Verney.

A antiga companheira de trabalho de McQueen ainda afirmou que o britânico deixou uma marca inapagável no mundo da moda. Segundo ela, o designer ainda serve de inspiração para diversos novos estilistas, como Christopher Kane, Richard Quinn, Matty Bovan e Duran Lantink.

"Acredito que ele transmitiu coragem para uma nova geração e sacuu a velha guarda de maneira inestimável. Sua maneira de fazer negócios e sua abordagem ao design abriram caminho para as novas gerações, incentivando-as a inovar em vez de seguir um caminho fixo que determina como se tornar estilista. Realmente revolucionou essa fórmula", contou Verney.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Alexander McQueenmoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.