Dexter celebra a liberdade

Ao lado da banda Oitavo Anjo, rapper se apresenta amanhã, às 15h30, na casa Carioca Club, em Pinheiros

O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2013 | 02h08

Ao lado da banda Oitavo Anjo, o rapper Dexter se apresenta amanhã, às 15h30, na casa Carioca Club, em Pinheiros. Dexter & Convidados, o nome do show, será inspirado nos bailes das antigas, quando os DJs tocavam clássicos do funk, do soul, do samba-rock, melodias e outras vertentes da música black. Quando a festa estava em seu melhor momento, esses mesmos DJs anunciavam uma determinada banda de rap ou de samba para uma apresentação, que levava uma média de 40 a 50 minutos de duração. Entre os convidados de Dexter estarão o sambista Péricles, Paula Lima, Guilherme Arantes, Mano Brown, DJ Kl Jay, Edi Rock e Dj Hum.

Será gravado na ocasião também o terceiro DVD da carreira de Dexter, que já conta com 23 anos de estrada. O evento, realizado pela Boia Fria Produções em parceria com a Alta Voltagem, terá como mestre de cerimônia o rapper Max B.O., apresentador do programa Manos e Minas, da TV Cultura.

Depois de quase uma década no cárcere por assalto a mão armada (o Carandiru foi uma de suas prisões), Marcos Fernandes de Omena, 39, conhecido artisticamente como Dexter, ganhou a liberdade há quase dois anos e tem viajado ao redor do Brasil fazendo shows e palestras. Sua lista de apresentações inclui parcerias com Seu Jorge, Mano Brown e Racionais MC's, Thaide e Ellen Oléria. Ele vem crescendo e se consagrando como um dos nomes mais representativos do rap nacional. Mano Brown refere-se a ele como uma espécie de 'quinto elemento' dos Racionais.

Suas influências vão de Public Enemy a Kool Moe Dee. Quando estava no Carandiru, em 1999, fundou com Afro X o grupo 509-E e ganhou destaque com os discos Provérbios 13? e MMII DC (2002 Depois de Cristo).

A carreira solo foi iniciada em 2005, com o premiado álbum Exilado Sim, Preso Não, que recebeu a estátua HUTÚZ como o melhor álbum do ano, além de ganhar mais quatro prêmios pelo Hip Hop Top.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.