Destino estelar

Destino estelar

Mercúrio e Plutão em quadratura,

Quiroga, O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2010 | 00h00

Plutão começa a retrogradar; a Lua é quarto minguante em Capricórnio.

Nosso Sol, como toda estrela, é exemplo vivo e radiante de amor, nada guarda para si e no ato de distribuição de sua própria vida propicia que mais vida aconteça em sua esfera de influência, o sistema solar. Nós, por aqui, intuitivamente compreendemos essa magia, mas achamos muito duro praticá-la, preferimos guardar muito para nós mesmos e se sobrar algo, um dia então distribuímos. Por isso, somos o oposto do Sol, somos buracos negros que sugamos a vida graciosamente oferecida pela nossa estrela, pois sem ela não seríamos nada. Nosso destino é ser estrelas, não daquelas vaidosas que roubam vida, mas as generosas, que distribuem tudo sem reservas. Amando e distribuindo nós podemos ser estrelas que criam vida mais abundante.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Avança um pouco, retrocede outro tanto, assim não é de se admirar que você pense que as coisas nunca saem do lugar. Contudo, o progresso é inevitável e se encontra em andamento a despeito de todos os contratempos.

TOURO 21-4 a 20-5

Elimine a irritação antes de dizer o que tem em mente. Sempre parece que a irritação é justa, mas na prática a pessoa irritada sempre comete injustiças. Por isso, antes de dizer nada, elimine sua irritação.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Fazer segredo sobre assuntos inofensivos atrai a atenção das pessoas, que passam a desconfiar que haja outras coisas mais graves sendo ocultas. Por isso, cuide para não fazer mistério ou segredos desnecessariamente.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Entre afagos e insultos andam os relacionamentos humanos. Essa oscilação de humores, que é verdadeiramente estressante, terá de servir, pelo menos, para você entender melhor quem são seus aliados e adversários.

LEÃO 22-7 a 22-8

As tarefas domésticas e tudo que se refere à manutenção dos aparelhos e máquinas que você adquiriu pensando facilitar sua vida, nestes dias também demonstrarão o trabalho que dão. Assim são as coisas, paradoxais.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Comece a escrever um novo capítulo de sua história, mas para isso você terá de concluir os anteriores, perdoando as falhas e eliminando a necessidade de dar o troco por quaisquer erros que tiverem sido cometidos.

LIBRA 23-9 a 22-10

A necessidade é a mãe do destino. Sem você sentir necessidade, não haveria evolução nem tampouco você teria descoberto o caminho das pedras para satisfazer seus desejos. A necessidade pode ser incômoda, mas é essencial.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

A sinceridade não é promovida nos relacionamentos sociais, porque as pessoas acham que seria melhor tomar atitudes populares e simpáticas do que oferecer a verdade para que as coisas funcionem da melhor forma possível.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Muito trabalho e pouca diversão, os males da civilização são. Porém, são males porque nossa humanidade resiste a aceitar as regras do mundo, entendendo que o trabalho é o grande realizador da criatividade.

CAPRICÓRNIO 21-12 a 20-1

Será difícil suavizar as atitudes, mas qualquer esforço nesse sentido será recompensado, já que de outra forma você correria o risco de magoar pessoas que não mereceriam isso. Trate todo mundo com sumo cuidado.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

O desconforto é de origem desconhecida, é uma sensação difusa sobre a qual não adianta debruçar-se e refletir para compreendê-la, pois isso a prolongaria desnecessariamente. Trate o desconforto com indiferença.

PEIXES 20-2 a 20-3

Nem todos os contratempos devem ser traduzidos como sinal de má sorte. Em alguns casos, a proteção que o céu oferece se manifesta através de contratempos que obrigam você a repensar o roteiro originalmente traçado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.