Despedida de uma grande pintora

Morreu ontem, aos 83 anos, em sua casa, nos EUA, a pintora abstrata Helen Frankenthaler, representante do estilo color field (pintura de superfície) da segunda geração de expressionistas abstratos americanos. Ela foi casada com o pintor Robert Motherwell, um dos líderes do movimento, de quem se divorciou em 1971, e desenvolveu uma técnica de pintura que refinou a de Jackson Pollock. De uma família rica de Nova York, ela teve aulas com o mexicano Rufino Tamayo e ficou conhecida por obras que combinam traços delicados e cores suaves. Helen tentou também a gravura e a escultura, estagiando com Anthony Caro. / NYT

O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2011 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.