Desfile da Apoena no Fashion Rio investe no futuro emocional

Com trilha sonora do Beatles, modelos desfilaram uma coleção de formas soltas, babados e efeitos plissados

Fabiana Cimieri e Clarissa Thomé, de O Estado de S. Paulo,

10 de junho de 2008 | 18h20

A Apoena, da brasiliense Katia Ferreira, inspirou-se no "em um futuro emocional, em que os negócios são prósperos, os amigos verdadeiros e os sonhos realizados". Com trilha sonora do Beatles, as modelos desfilaram no Fashion Rio uma coleção de formas soltas, babados e efeitos plissados. O branco predomina, mas também há espaço para o amarelo, vermelho, tomate, azul e verde. Tecidos leves e confortáveis, como o tule, algodão e malha, foram os escolhidos para compor os vestidos curtos e soltos, as calças molinhas e os casaquetos da marca.   Veja também: Grife Tessuti leva desfile da Fashion Rio para o MAM Confira galeria de fotos do Fashion Rio     Foto: AP   Os bordados, que caracterizam o trabalho da grife, vieram menos rebuscados, mais descontraídos. Um grupo de 45 bordadeiras, das 45 que trabalham para a grife, vieram ao Rio assistir ao desfile. "Agora acabou o trabalho, vamos só curtir a cidade", disse Marcileide de Paula, de 43 anos.   Dica de especialista   Quando Vanessa Rozan, maquiadora sênior da MAC Cosmetics, termina de preparar as modelos que vão desfilar, ela própria está toda pintada. Literalmente. A mais importante maquiadora da marca na América Central e América do Sul passa todos os produtos no braço esquerdo antes de aplicá-los nas moças. "Quando se esquenta o produto, ele não brilha tanto. Se é passado com pincel, brilha mais. Com a mão, você tem um controle maior, a maquiagem não fica com aquele jeito de gloss, mas como um hidratante", ensina.   Vanessa viajou para o Rio para assinar, com exclusividade, a beleza do desfile da grife Maria Bonita Extra. É a sua estréia no Fashion Rio. A paulista de Jales, de 27 anos, pilota pincéis há cinco. Já atuou nas semanas de moda de Paris e Milão, maquiou as modelos Ana Hickman e Naomi Campbel, as atrizes Daniela Escobar e Gisele Itié e até mesmo o cantor Steven Tyler, do Aerosmith. "Na verdade, não tem muita diferença entre fazer São Paulo, Milão ou Rio. Eu chego, abro a minha maleta e começo a trabalhar. Já estou acostumada. O que me surpreendeu aqui foi essa visão da Marina da Glória, o Pão de Açúcar", disse.   Para o desfile da Maria Bonita Extra, inspirado no filme O Amante, sobre o romance entre uma adolescente e um homem 20 anos mais velho, Vanessa preparou a maquiagem de uma "menina que se descobre mulher": bochechas rosadas, batom avermelhado, cílios alongados por rímel.   Para preparar as 27 modelos, chegou à Marina da Glória seis horas antes do horário previsto para o desfile. Fez a demonstração para os 10 maquiadores que compõem a equipe: esfregou rímel no braço e aplicou nos cílios, bem junto à raiz, com pincel 205. "Ajuda a curvar e separar os cílios, e ainda deixa a aparência de um leve delineador".   Nas bochechas, um blush bem cremoso, rosa. "Para dar a impressão de que ela acabou de fazer exercício", explica. Nos lábios, o mesmo produto, passado com os dedos. Depois, um batom vermelho, aplicado com pincel. "O vermelho precisa ser aplicado com pincel para que o maquiador tenha mais controle. Nas modelos, eu apliquei no meio dos lábios e fui esfumando com o pincel". Fica a dica da especialista.

Tudo o que sabemos sobre:
Fashion RioApoena

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.