Descontrole

A Lua que míngua em Peixes será Vazia das 9h52 às 10h32, horário de Brasília, quando ingressará em Áries.

astro@o-quiroga.com.br, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2010 | 00h00

Notem quanto as palavras de quem perde o domínio da situação se tornam intimidativas e quanto essas mesmas palavras revelam o medo que se experimenta subjetivamente. Ninguém está livre do medo, mas há quem se aproveite dele para tentar dominar seus semelhantes. Evidente que essas pessoas são as mesmas que acusam as outras de infundir medo, mas na prática são elas que promovem práticas intimidativas. O descontrole está na ordem do dia, o que parecia certo se transforma em incerto e, por isso, muita gente que se pensava no domínio da situação começa a revelar as suas sinistras intenções através das práticas intimidativas, que são próprias de quem sempre transitou pelo caminho do crime, travestindo-se com a imagem do bom cidadão.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Cansar-se de ser sempre você quem toma a iniciativa e dá as caras seria cansar-se de ser você mesmo, algo inconcebível e paradoxal ao mesmo tempo. Se houver cansaço, isso se resolve facilmente, é só descansar.

TOURO 21-4 a 20-5

A crise de confiança se instalou e, por isso, o silêncio substituiu as conversas descompromissadas. Neste momento, tudo adquire um ar de maior seriedade. Porém, será melhor não prolongar demais este período.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Teste as pessoas para conferir se continuam amigas, mas só faça isso se sua alma estiver desprovida de malícia, já que estender armadilhas desejando que as pessoas caiam nelas não seria um teste verdadeiro.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Nunca aconteceria progresso nenhum sem você atrever-se a tomar algumas atitudes que seriam impensáveis ao pretender só andar pelo caminho seguro. É bom preservar a segurança, mas você não prefere o progresso?

LEÃO 22-7 a 22-8

Emitir opiniões não é um exercício inofensivo, porque se algumas pessoas que as ouvirem decidirem colocá-las em prática e tudo for um engodo, sua alma será cosmicamente responsável pelos problemas que acontecerem a elas.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Quem não arrisca, não petisca. Você já ouviu essa, não é? Porém, nunca antes na sua história esse provérbio teve maior cabimento do que agora. Certos riscos precisarão ser assumidos para obter resultados maiores.

LIBRA 23-9 a 22-10

Nenhum sacrifício nunca será demais em nome da manutenção de um bom relacionamento. Afinal, todo bom relacionamento se caracteriza pelo esforço que as pessoas participantes fazem para ir além de suas pretensões.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Nunca canse de colocar ordem nos assuntos da vida cotidiana, pois ainda que esses pareçam pequenos demais comparados com suas ambições, pense que nada decolaria se a ordem cotidiana estivesse de ponta-cabeça.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

A novidade faz seus olhos brilhar de entusiasmo. Isso é muito bom, mas seria melhor ainda se você pudesse concluir tudo o que já se encontra em andamento antes de comprometer-se com um novo caminho.

CAPRICÓRNIO 21-12 a 20-1

Alguns assuntos familiares que você teria preferido enxergar de longe retornam ao palco e protagonizam cenas explícitas de conflito. Porém, isso acontece em nome de dar um fim definitivo ao que perturba.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Certas conversas se tornaram inevitáveis, porque dessas depende que as pessoas adquiram maior liberdade e capacidade de decisão. Porém, apesar dos bons resultados almejados, essas conversas não são fáceis.

PEIXES 20-2 a 20-3

Cada compromisso assumido agrega mais uma tortuosidade ao já tortuoso labirinto de obrigações em que sua alma se encontra. Não importa, o progresso seria impossível sem assumir compromissos. A liberdade virá depois.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.