Descoberto teatro romano embaixo da bolsa de Milão

Um imenso teatro da época romana, construído entre 196 e 27 a.C., foi encontrado no subterrâneo - cerca de três metros abaixo do solo atual - da sede da Bolsa de Valores e Câmara de Comércio de Milão (norte da Itália). A descoberta ocorreu durante as obras de restauração dos edifícios da região. "A Câmara do Comércio vai se esforçar para recuperar os restos do teatro e adaptá-lo a visitação, mas isso vai demorar um certo tempo", afirmou Pier Daniele Melegari, secretário geral da Associação de Comerciantes. Segundo os primeiros indícios, o teatro tem cerca de 20 metros. Pelos cálculos dos arqueólogos, a estrutura deve ter sido utilizada durante a época medieval para celebrar assembléias populares, pois podia abrigar entre oito e nove mil espectadores. Com a descoberta, a superintendência arqueológica da cidade voltou a se interessar em pesquisar melhor a zona, que em 1950 também revelou outras ruínas romanas, durante a instalação de uma rede telefônica. O teatro se encontra próximo da Catedral, onde também se conservam os pilares do Palácio Imperial do século 3 d.C.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.