Denise Stoklos inaugura espaço cultural

Pela primeira vez em 35 anos decarreira, todo o acervo de Denise Stoklos estará à disposição dopúblico. São vídeos de peças, fotos, críticas, cenografias,monografias e teses sobre o universo do teatro essencialdefendido pela atriz. Esses materiais vão permanecer acessíveispara consultas e estudos, com hora previamente marcada, noEspaço L + T Design, que estará aberto ao público a partir deamanhã. Na inauguração, haverá apresentação da peça MaryStuart, de Denise Stoklos, seguida de palestra.A escolha do local não foi por acaso. A designer ThaisStoklos Kignel, filha de Denise, é dona do Espaço L + T Designcom o namorado, o também designer Leonardo Ceolin. De acordo comDenise, seu centro cultural não poderia estar em melhores mãos eem ambiente mais apropriado. "Não mostrei meu material antes,porque ainda não tinha encontrado um local adequado", admite.Além de vídeos com as 12 peças de seu repertório, oacervo reúne gravações de trabalhos experimentais da atrizapresentados em outros países (e inéditos no Brasil) e demontagens encenadas em francês, russo, alemão e outros idiomas.Há ainda documentário sobre sua carreira, realizado pela filha,com imagens de turnês internacionais, viagens, montagens."Thaís me acompanha desde o ventre, literalmente, por isso eladesenvolveu um olhar único sobre meu trabalho." Os interessadospoderão assistir às fitas de vídeo em televisões individuais,com fones, instalados no próprio espaço.Vendidos somente em seus espetáculos, os livros deDenise Stoklos, como o romance Amanhã Será Tarde e Depoisde Amanhã nem Existe e o texto da peça Calendário da Pedra, poderão agora ser adquiridos também no galpão do L + T Design.E durante oito meses, a atriz apresentará peças de seurepertório toda última terça-feira do mês, sempre seguida depalestra, em que será discutida a criação da montagem emquestão."O L + T Design é um espaço de terceiro milênio, porquenele não existe lugar para elementos já categorizados. Sãoacontecimentos do gênero que mostram como há pessoas produzindocoisas contestatórias ao mercado tradicional ou à estéticatradicional", define Denise Stoklos. "Eu me senti totalmenteintegrada ao ambiente."Se for preciso utilizar um único termo para definir oespaço, talvez "multidisciplinar" seja o que melhorcontextualize sua diretriz. Instalado num galpão de 180 metrosquadrados, o Espaço L + T Design, democrático, pode abrigardesde exposições e workshops até degustação de vinhos emassagens, passando por desfiles de moda, shows de música eapresentação de teatro. Não impõe restrições artísticas nemsegue velhos dogmas. O que vale são as experimentações. "Estáaberto para qualquer tipo de expressão, para qualquer pessoa quetenha uma idéia. Tem de ser algo vivo", afirma LeonardoCeolin.Formado em desenho industrial, Ceolin é escultor e fezfotografia. Da mente criativa do designer, saem produtosoriginais, como o banco transportável de papelão que, dobrado,pode ser facilmente carregado para toda parte. "Com poucosrecursos, podemos fazer muito."Thais Stoklos é do mesmo pensamento artístico. Ela seformou em pedagogia, faz parte do grupo Notech dos irmãosCampana, fez aulas de cinema e fotografia. "Os Campanas ensinama utilizar materiais do cotidiano, mais baratos e simples, comoestopa, tapete de banheiro, mata mosquito", explica. Ela eLeonardo são responsáveis pela cenografia e pelas fotos daspeças de Denise Stoklos. Os objetos criados pela casal, assimcomo de outros designers, estarão à venda no local.Galpão L + T Design. Diariamente, das 12 às 20 horas.Rua Barão do Bananal, 1.424, tel. 3675-8587. Sites:www.espacoltdesign.com.br e www.denisestoklos.com.br. Entrada para a peça de amanhã (27): R$ 30,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.