AP
AP

Demi Moore evita suicídio de fã através do Twitter

Fãs da atriz descobriram IP da 'seguidora' e avisaram a polícia, que frustrou tentativa nos EUA

Efe,

03 de abril de 2009 | 21h39

A atriz americana Demi Moore, uma fã da ferramenta de internet Twitter, viveu um drama na semana passada, quando recebeu uma mensagem de uma admiradora que ameaçava cometer suicídio, informou nesta sexta-feira, 3, a imprensa dos Estados Unidos. Demi estava no sul da França junto com seu marido, Ashton Kutcher, que rodava um filme, quando viu a mensagem.

 

Rapidamente, então, respondeu à ameaça com a frase: "Espero que esteja brincando". O texto da fã dizia: "Estou pegando uma faca, grande e afiada. Vou cortar meu braço fundo para não perder o tempo". Os fãs da atriz no Twitter descobriram que a mensagem vinha de uma casa em San José, na Califórnia, aonde a polícia foi e encontrou uma mulher de 48 anos que foi levada sob custódia para uma avaliação psicológica, segundo as autoridades.

 

Cerca de duas horas depois da publicação dessa mensagem, Demi atualizou seu Twitter assim: "Obrigada a todos por avisar ao Departamento de Polícia de San José, eles informam que estão a par da situação e que não devem continuar ligando. Não conheço esta mulher".

 

Um porta-voz da polícia de San José esclareceu que "um cidadão preocupado", que não era nem Moore nem Kutcher, ligou às autoridades às 4h37 (hora local) após ver a ameaça. A Polícia foi ao endereço fornecido por essa pessoa e encontrou uma mulher sem ferimentos, mas precisando de ajuda, explicou o sargento Ronnie López. "Foi levada a um hospital para receber tratamento", destacou.

 

Tanto Demi como Kutcher enviam várias mensagens ao dia ao Twitter através de seus celulares. A atriz possui 380 mil fãs, enquanto o marido tem cerca de 675 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
Demi MooreTwitter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.