Degradação e elevação

A Lua que cresce em Gêmeos será Vazia das 17h13 até as 23h33

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2011 | 00h00

A existência humana, a despeito de suas limitações, deixa entrever o Infinito. Quando consideramos nossa existência como objeto de interesse científico, satisfazemos nossa curiosidade intelectual, porém, nos convertemos em números estatísticos sem alma e desprovidos de caráter. Também consideramos nossa existência do ponto de vista econômico, como objetos de comércio, mão de obra ou estimuladores da circulação de riquezas materiais, satisfazendo assim nossa vontade de poder e nossa cobiça. Ambas opções nos degradam, mas mesmo assim as deixamos passar como se fossem normais e aceitáveis. O que nos eleva então? Justamente o que desprezamos, a subjetividade, o olhar poético da alma que vê eternidade no instante e beleza no esterco.

ÁRIES 21-3 a 20-4

As coisas mudaram em definitivo, não é mais possível voltar atrás. Haverá um tempo de adaptação em que acontecerão dilemas e, talvez, você deseje recuar. Porém, isso será impossível, só poderá seguir em frente.

TOURO 21-4 a 20-5

A fé não é apenas uma vontade de acreditar em algo superior. A fé é a evidência plantada no coração de nossa humanidade mediante a qual os olhos nossos podem ver beleza, virtude, bondade

e verdade em todas as coisas.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Inúmeras injustiças foram cometidas, mas não é o momento de cobrar. Agora será suficiente continuar em frente defendendo os princípios éticos mais profundos que sua alma reconhece sem deixar lugar à dúvida.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Quanto mais você transparecer a alegria do seu coração, mais protegido estará seu caminho e você não terá motivos de preocupação. Em última instância, toda preocupação se alimenta de projetos egoístas frustrados.

LEÃO 22-7 a 22-8

Nem sempre ganhar, mas tampouco perder eternamente. Nessa gangorra existencial em que se ganha e se perde alternadamente está também disponível a luz do coração, sempre além de toda e qualquer perda ou lucro.

VIRGEM 23-8 a 22-9

O desenvolvimento disponível requer que você saia da zona de conforto e se atreva a ir além do que seria seguro. Andando sempre em segurança você não apenas deixaria de evoluir como também estagnaria e voltaria atrás.

LIBRA 23-9 a 22-10

Os ressentimentos se aninham no coração e destilam um veneno amargo, que obscurece as atitudes e limita a liberdade. Por que as pessoas permitem que o ressentimento se refugie no co-

ração delas? Eis um mistério.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

A única superioridade é aquela que não faz força para manifestar-se assim. A única e verdadeira superioridade é a que faz as pessoas prestarem serviço amoroso ao mundo e principalmente a todos os próximos.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Receba as atitudes invejosas com indiferença, só assim sua alma se protegerá. Porém, como ser indiferente à inveja quando o vício encontra ninho também no próprio coração? Eis uma questão de difícil resolução.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Certos segredos ainda precisarão ser guardados, mas existem outros que não faz mais o menor sentido continuarem assim, pois começaram a provocar suspeitas desnecessárias e contraproducentes. Saia dessa!

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Agir sempre na expectativa de obter recompensas amarra a alma humana a uma vida limitada. O espírito de aventura é prazer em si mesmo, umas vezes as coisas dão certo, outras dão errado, mas é aventura sempre!

PEIXES 20-2 a 20-3

O descontrole não será ruim em si mesmo. Pense que no fundo esse descontrole ajudará a desbaratar as armadilhas que se tornaram inúteis e que, tendo se esquecido delas, muito provavelmente você cairia nelas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.