Decoração de ambientes, na mostra Artefacto

Artefacto monta sua 13.ª mostra com mobiliário e objetos de características bem brasileiras Uma maneira de mostrar e difundir um design tipicamente brasileiro por meio de mobiliário feito com materiais inusitados e característicos, com um toque de cada região do País. Essa é a proposta da Artefacto, rede de design que inaugura no domingo a 13.ª Mostra Artefacto Bosch em São Paulo. Um prédio de 1.600 metros quadrados, na Rua Haddock Lobo, estará tomado por 22 ambientes decorados especialmente por profissionais convidados pela empresa. A mostra tem visitação gratuita e, inevitavelmente, além de seu forte apelo comercial, pode também ser um programa para curiosos e interessados em design. Ao todo, 28 arquitetos, decoradores e paisagistas criaram, com total liberdade, os ambientes a partir da linha Artefacto 2004 que, como diz o diretor de mercado da rede, Eduardo Felipe Machado, e uma das diretores de estilo, Mônica Galvani, tem como conceito a exploração de obras de arte nos espaços e o uso de tons dos leitos de rios. Como parte das decorações dos ambientes, é possível ver obras sobre papel de artistas modernos e contemporâneos, nomes como Amilcar de Castro, Paulo von Poser, Ismael Nery, Weissmann, Florian Raiss e Tomie Ohtake.A cada ano a Artefacto realiza uma exposição em torno de sua linha e não só em São Paulo, como em cidades onde há lojas da rede, tanto no Brasil quanto no exterior. Já há uma programação para todo 2004. Já houve no Rio e Salvador, depois, ocorrerá em Maceió, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Recife, Miami e Palm Beach, sempre, "100% brasileiro", diz Machado. 13.ª Mostra Artefacto Bosch - De segunda a sexta, das 10 às 20 horas, sábado das 10 às 18 horas. ARtefacto. Rua Haddock Lobo, 1.405, tel. 3061-5855. Abertura no domingo, às 10hs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.