Decisão é sacrifício de desejos

Vênus ingressa em Leão e faz trígono com Urano e Júpiter; a Lua cresce em Câncer.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2010 | 00h00

A capacidade humana de tomar decisões caminha de mãos dadas com o sacrifício dos desejos. Enquanto nossa humanidade gasta seu tempo e recursos na busca de satisfação para seus desejos pessoais, ela se afasta das decisões que poriam seus pés no caminho de construir uma civilização digna de ser transmitida às futuras gerações. A restrição desse vício só pode resultar de disciplina, o que imediatamente pareceria diminuir o prazer. Nesse momento surge a capacidade de decidir e, concomitantemente, sacrificar a mera satisfação pessoal. O tema é claro e óbvio, mas parecerá complexo e obscuro por falta de vontade de assumir quanto se perde por meio do que pareceria correto fazer, pensar cada um em si e no seu próprio e particular prazer.

ÁRIES 21-3 a 20-4

A malícia desenha feiura nos relacionamentos humanos, enquanto a gratidão agrega beleza. Será que as pessoas apreciam um mundo decadente? Parece que sim, ao contemplar quanto as pessoas são tímidas na benevolência.

TOURO 21-4 a 20-5

As boas coisas precisam ser mantidas em segredo, feitas na maior discrição possível. Normal seria compartilhar o bom com o maior número de pessoas, mas dadas as circunstâncias atuais, isso seria contraproducente.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

A proximidade das pessoas pode gerar tensão, mesmo que ninguém dirija a palavra a outrem. Acontece que há todo um mundo sutil e invisível, mas não por isso menos real, que vai muito além do limite físico da pele.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Treinar a mente para continuamente ganhar acabaria dando resultados muito duvidosos. É que nem sempre ganhar seria a melhor pedida. Por exemplo, ganhar uma gripe ou uma bofetada, que lhe parece isso?

LEÃO 22-7 a 22-8

Nada melhor do que o próprio exemplo para demonstrar um conceito teórico. As pessoas que dão sermões às outras, mas na prática não demonstram o que dizem, como se pode chamá-las? Hipócritas, talvez? Muito forte, não é?

VIRGEM 23-8 a 22-9

O sentimento confirmará a qualidade dos planos que você imagina. Porém, isso não garantirá o sucesso, você ainda terá de testar tudo na prática, tendo o cuidado de não revelar os planos com essa atitude.

LIBRA 23-9 a 22-10

Quanto mais gente melhor! Porém, melhor não enganar-se com o número, mas preferir a qualidade. Neste momento, é propício escolher a dedo as pessoas que você permitirá transitarem pelo seu mundo particular.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Colha o fruto de seu esforço, o resultado do que foi plantado. Agora é propício meditar sobre os passos dados para aprimorar o futuro e escolher com mais cuidado as sementes que plantará a partir de hoje.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

O ritmo cotidiano tende à banalidade, porém, isso pode ser mudado ao toque de atitudes nobres, aquelas que chamam a atenção não apenas por ser insólitas, mas principalmente por demonstrar elevação espiritual.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Um pensamento intenso não precisa de grande esforço para realizar-se. Desafortunadamente, nossa humanidade só pensa as coisas ruins com essa intensidade, sendo bastante tímida com as imagens de beleza e elevação.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Sempre haverá uma brecha no tempo para que as coisas aparentemente impossíveis de solucionar sejam superadas. Pois bem, o momento é agora e, como sempre, não durará muito, requer velocidade para ser aproveitado.

PEIXES 20-2 a 20-3

Tudo pode ser realizado, mas nada acontecerá sem o devido esforço. Quanto a isso, sua alma se esforça bastante na imaginação, o que não é tempo perdido, mas desta vez será necessário arregaçar as mangas também.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.