Deborah Colker traz seu circo-dança para SP

A intrépida Deborah Colker volta a São Paulo em uma curtíssima temporada, de hoje a domingo, com o espetáculo Rota, no Credicard Hall. No palco, uma roda-gigante, dança clássica e música erudita. Pode parecer estranho, mas o resultado deixa o público sem fôlego e o sucesso é garantido. A turnê, que começa na capital, seguirá para Campinas, Sorocaba e Santos. Rota estreou em 1997 e foi o espetáculo que abriu as portas para a Companhia Deborah Colker no exterior. A coreografia nasceu após um período de férias de Deborah e sua família na Disney World - a coreógrafa decidiu criar seu próprio parque de diversões. Para isso, contou com o amigo e cenógrafo Gringo Cardia, que projetou uma roda-gigante de ferro, com 8 metros de altura e 700 quilos. Os bailarinos mesclam a suavidade do balé clássico com a habilidade e rapidez que a linguagem criada por Deborah exige. Tudo ao som de composições de Mozart, Schubert e Strauss. "Sempre que nos apresentamos pela primeira vez em um país, abrimos com Rota. "Esse é um espetáculo importante por estabelecer uma comunicação direta com o público. Também é um momento de mostrarmos a evolução da linguagem da companhia, que está muito mais madura." Rota é a terceira coreografia da companhia e serve como uma prova de fogo aos bailarinos, que precisam dominar a técnica e unir agilidade, dinâmica e vigor na movimentação. Cia. Deborah Colker. Hoje, às 22 horas; sábado, às 21 horas; e domingo, às 18 horas. Duração: 1h30. R$ 20,00 a R$ 60,00. Vendas também pelo Ticketmaster: 6846-6000. Censura: 16 anos (14 e 15 anos, permitida a entrada somente com pais ou responsáveis). Credicard Hall. Avenida das Nações Unidas, 17.955, tel. 6846-6010. Até 10/8. Patrocínio: Petrobrás Distribuidora

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.