Debate sobre Contos Cruéis é destaque de hoje da Bienal

O destaque de hoje da Bienal do Livro é o debate Crueldade e Violência na Sociedade Brasileira, às 20h30, no Salão de Idéias, com base no livro de Rinaldo de Fernandes, Contos Cruéis. Estarão presentes os escritores Nélida Piñon, Luiz Fernando Emediato, Nelson de Oliveira, Joca Terron, Márcia Denser e Ivan Ângelo - ex-editor chefe do Jornal da Tarde e autor de muitos livros premiados, entre eles Pode me Beijar se Quiser, que recebeu da Associação Paulista de Críticos de Arte o Prêmio de Melhor Obra de Literatura Juvenil, em 1998.A coletânea de Rinaldo reúne as narrativas mais violentas da literatura brasileira contemporânea. São 47 contos, além de um prefácio do jornalista e poeta Linaldo Guedes.Às 12 horas, no Salão de Idéias, a editora Susana Sanson, os escritores Ziraldo Alves Pinto e Regina Ziberman e representantes do Ministério da Educação, sob a mediação de Mirna Pinsky, para discutir o tema O Papel do Livro Infantil na Formação das Crianças na Alfabetização.Às 18 horas, Todas as Formas de Contar Histórias é o tema de Fabrício Carpinejar, Vitório Káli e Saturnino Braga.Crueldade e Violência na Sociedade Brasileira é assunto para Rinaldo de Fernandes, Nélida Piñon, Ivan Ângelo, Luiz Fernando Emediato, Nelson de Oliveira, Juca Terron e Márcia Denser, às 20h30 para fechar o salão.No Espaço Literário Visa, às 15 horas, o comentarista Juca Kfouri fala sobre Letras do Futebol.No mesmo espaço, o poeta e ensaísta Eduardo Sterzi comenta A Divina Comédia, de Dante Alighieri, às 19 horas.Também às 19 horas, no salão A, serão lembrados os 70 anos da publicação de Sobrados e Mucambos, de Gilberto Freyre com a participação dos professores: Roberto DaMatta, Élide Rugai Bastos, Enrique Rodríguez Larreta e Gustavo Henrique Tuna. Na ocasião será lançado o Segundo Concurso Nacional de Ensaios - Gilberto Freyre .Uma das grandes damas da literatura infantil, Tatiana Belinky, autografa Kanniferstan, às 15 horas no estande da FTD.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.