Debate no Back2Black reúne músicos e escritores

Ao mesmo tempo que o som se espalha pelos palcos do festival Back2Black, a cultura negra também estará presente em quatro debates que, desta vez, serão realizados apenas nos dois últimos dias de evento, no Rio.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 10h48

A curadoria continua sob a responsabilidade do escritor angolano José Eduardo Agualusa, que programou uma abertura no sábado focando o papel da mulher na literatura e nas sociedades africana, cubana e brasileira. Participarão Paulina Chiziane (Moçambique), Karla Suarez (Cuba) e Ana Maria Gonçalves (Brasil).

O segundo encontro do dia terá como tema a presença do samba na literatura brasileira e dos poetas e escritores no samba. Participam os músicos e escritores Nei Lopes, Martinho da Vila e Paulo Lins.

No domingo, o sociólogo Reginaldo Prandi e o escritor Alberto Mussa reúnem-se para debater a presença dos orixás na literatura brasileira e as razões de Jorge Amado não ter deixado sucessores. O último debate terá o músico sul-africano Hugh Masekela e o escritor cubano Carlos Moore, autor da biografia do músico nigeriano Fela Kuti. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaBack2Blackdebate

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.