De Mille e sua Bíblia feita de sexo e paixão

Comentário do crítico de cinema do 'Estado' sobre o filme do dia na TV

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

19 Junho 2014 | 02h07

Os Dez Mandamentos

18 H NO TELECINE CULT

(The Ten Commandments). EUA, 1956. Dir. de Cecil B. de Mille, com Charlton Heston, Yul Brynner, Anne Baxter.

Jerry Lewis fez uma célebre piada sobre De Mille - no estúdio, o mensageiro trapalhão puxa um barbante e põe abaixo o cenário de papelão de um épico estilo Dez Mandamentos. De Mille foi sempre demonizado pelos críticos, mas seu conceito 'Bíblia + sexo' fez história em Hollywood. E a travessia do Mar Vermelho segue impressionante, a despeito de todo o desenvolvimento das trucagens nos últimos 60 anos. Reprise, colorido, 221 min.

VEJA TAMBÉM

Chinatown

EUA, 1974. Dir. de Roman Polanski, com Jack Nicholson, Faye Dunaway. Obra-prima noir. TCM, 22 h. 130 min.

Mais conteúdo sobre:
Filme do dia Televisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.