Giuliana Cerchiari
Giuliana Cerchiari

De Manoel de Barros a Monteiro Lobato, em peças infantis

O fim de semana está recheado de opções para levar a garotada ao teatro

Vanessa W. Skilnik, www.bora.ai

18 de fevereiro de 2022 | 05h00

O fim de semana de teatro infantil está recheado de opções teatrais para levar a criançada. As peças em cartaz exploram do universo de Manoel de Barros a Monteiro Lobato. Confira essas e outras sugestões do www.bora.ai:

Os Lavadores de Histórias

Inspirado na poesia de Manoel de Barros, o espetáculo infantil da Cia. de Achadouros traz as memórias e sonhos esquecidos da infância, guardados em objetos abandonados. Os personagens Urucum, Tom Tom e Jatobá, três atores palhaços, visitam quintais abandonados à noite para lavar objetos esquecidos por meninos e meninas, revivendo momentos especiais da infância. Entre brinquedos e roupas o trio carrega consigo o “rio da memória”, de onde saem histórias, fantasias, personagens, brincadeiras espontâneas e colaborativas e o contato com a natureza. À medida que os objetos vão sendo lavados e revelados, novas histórias vão surgindo. O espetáculo mistura cenas cômicas, circenses, teatro de sombras e objetos, em uma sensível reflexão sobre a relação da criança com o mundo real e da imaginação. Teatro Sérgio Cardoso. Dia 20 de fevereiro, , domingo, às 11h. Entrada gratuita (retirada de ingressos online ou na bilheteria do teatro 1 hora antes da apresentação). Livre 60 minutos.

Florbela e Todas as Palavras do Mundo

O encontro da doce Florbela com o atrapalhado e medroso Renê, e sua fiel e corajosa escudeira Clarinha, é o mote da peça infanto-juvenil. A história leva o público a (re)visitar lugares e emoções reconhecidos por todos, tanto os adultos, quanto os jovens, e é permeada por canções interpretadas pelos próprios atores em cena, e faz do jogo com as palavras o grande protagonista da história. Sesc Pinheiros. 20 e 27 de fevereiro e 06 de março. Domingos, às 14h e às 17h. R$24 (inteira). Grátis para crianças até 12 anos. Indicado para crianças a partir de 6 anos. 50 minutos.

Uma viagem no tempo – Semana de 22, pelos trilhos do modernismo

​Como seria se pudéssemos juntar as pontas do passado, presente e futuro? Personagens de três tempos diferentes são reunidas por uma curiosa banda para descobrir o que aconteceu na Semana de Arte Moderna de 1922 e como ela foi deixando marcas nos 100 anos seguintes. Durante um passeio pelo prédio do Centro Cultural Banco do Brasil, o grupo conta, canta e questiona a sequência de acontecimentos que nos trouxeram até a contemporaneidade. Utilizando as linguagens do teatro e da música, o projeto propõe aproximar o público do conhecimento histórico que atravessa São Paulo, trazido por personagens do passado, mas que dialogam com o presente. CCBB São Paulo. De 12 de fevereiro a 30 de abril, sábados às 11h (sessão extra dia 21 de abril, às 11h). Grátis (ingressos podem ser reservados pelo site da instituição). Livre. 60 minutos.

O Musical da Passarinha

O espetáculo trata de temas como encontros e despedidas, realização de sonhos e a descoberta da própria voz. A história da Passarinha acontece em uma pequena cidade do interior que não tem teatro. A trama traz personagens delicados e sonhadores: a menina Rita deseja conhecer o teatro, mesmo vivendo em uma cidade onde não existe o palco; sua mãe, Carmen, gostaria de voar; e seu melhor amigo, Miguel, que é surdo, quer dançar. Algo milagroso acontece, e esse trio encontra uma cantora de ópera, quando a vida ganha outros contornos e voos. Teatro Sérgio Cardoso. De 19 de fevereiro a 10 de abril, aos sábados e aos domingos, às 15h (não tem apresentações nos dias 26 e 27 de fevereiro ). R$40 (inteira). Livre. 50 minutos.

Bob Zoom: O Trem de Ferro

Bob Zoom e seus amigos vão viver uma aventura animada para encontrar o trem de ferro que dá nome ao show. Nessa viagem divertida, os personagens vão se deparar com situações inusitadas que prometem surpreender e alegrar a criançada e seus pais durante uma incrível viagem musical. A trilha sonora do show tem 18 canções, todas bem conhecidas do público que se acostumou a acompanhar o Bob Zoom na internet e em outras plataformas. São clássicos do cancioneiro popular como A Baratinha, Pintor de Jundiaí, Marcha Soldado e Pula Pula Pipoquinha. Teatro Morumbi Shopping. De 26 de fevereiro a 06 de março, sábado e domingo, às 15h. R$80 (inteira). Livre. 55 minutos.

Sítio do Picapau Amarelo

O clássico de Monteiro Lobato ganha versão musical em 4 cenários coloridos, figurinos que se assemelham aos personagens originais e a presença de toda a turma do Sítio: a boneca Emília, o Visconde de Sabugosa, a Tia Anastácia, a malvada Cuca, entre outros. A hora mais feliz dos moradores do Sítio do Picapau Amarelo é quando Dona Benta pega o livro e conta as lindas histórias que habitam nele. Tia Nastácia segue para cozinha, pois está terminando de costurar a boneca que dará para Narizinho no dia seguinte. Teatro J. Safra.19, 20, 26 e 27 de fevereiro e 05, 06, 19 e 20 de março. Sábados e domingos, às 16h. De R$30 a R$60 (inteira). 60 minutos. Livre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.