Divulgação
Divulgação

De BH, mostra itinerante da 29ª Bienal segue para o Rio

Doze cidades recebem obras selecionadas, visitas monitoradas e vídeo em 360º da mostra

Estadão.com.br,

07 de fevereiro de 2011 | 16h22

A 29ª Bienal de São Paulo continua a exibir obras de arte selecionadas em 12 cidades do País. Até 20 de março, é a vez de Belo Horizonte na Fundação Clóvis Salgado. Depois a mostra segue para o Rio, com início previsto para o dia 28 de fevereiro no MAM.

 

Entre os destaques das 190 obras, de 35 artistas, estão os artistas Jean-Luc Godard, Carlos Garaicoa, Hélio Oiticica, Lygia Pape, Flávio de Carvalho. Também figuram os mineiros Cinthia Marcelle, Sara Ramo e Matheus Rocha Pitta. Todas as obras da mostra itinerante foram expostas na Bienal de São Paulo e ficarão durante dois meses em cada cidade. A curadoria é de Moacir dos Anjos e Agnaldo Farias.

 

Nas outras cidades os visitantes poderão ter acesso à exposição original, além de ir e voltar no tempo e espaço, através de ferramenta semelhante ao Google Street View, com uma tela em 360 graus.

 

A itinerância também se estende ao Projeto Educativo, que visa desenvolver o modo de pensar a arte em diferentes públicos. Em Belo Horizonte, 20 educadores serão treinados para as visitas monitoradas e formação de professores.

 

Depois do Rio, a mostra com as obras da 29ª Bienal segue por Recife, Curitiba, Porto Alegre, Araraquara, Campinas, São Carlos, Piracicaba, Santos e Ribeirão Preto.

 

Veja também:

blog Tudo o que foi publicado sobre a Bienal

 

Tudo o que sabemos sobre:
29ª Bienal das Artes de São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.