David Letterman volta a ser transmitido

?A grita foi geral?, diz Letícia Muhana, diretora do canal GNT, ao comentar a reação dos fãs do showman David Letterman quando seu programa saiu do ar, há três meses, com a substituição do canal Superstation pelo National Geographic. E quem gritou levou a melhor: o GNT passará a exibir o Late Show With David Letterman a partir do dia 5 de fevereiro, de segunda a sexta, às 23h30, com uma diferença de apenas 24 horas em relação à exibição nos Estados Unidos. O programa continuará legendado e o GNT contará, no início, com o suporte técnico do canal Superstation.Mas a iniciativa não foi motivada apenas pelos protestos dos fãs. A possibilidade de trazer o programa casou perfeitamente com a estratégia de mudar a grade do canal, fortalecendo seu prime time com um programa capaz de criar a ?fidelização?. Segundo Letícia, o que também deu o empurrão nessa decisão foi a experiência de sucesso de outro talk show, o do Jô Soares, exibido pelo GNT em Portugal, às 22h30. ? Isso mostrou que o formato talk show traz o resultado que esperamos.?Se o Programa do Jô faz sucesso por aqui e no além-mar e é referência brasileira para talk shows, David Letterman tem sua competência atestada não só por seus fãs locais, como também pelos 19 anos no horário noturno da tevê americana, período que só foi superado por Johny Carson, que comandou o Tonight Show por 30 anos. David Letterman estreou no horário noturno em 1982 e, de lá para cá, faturou nove Emmys, o Oscar da tevê americana. Entre seus méritos, está o de ser considerado um dos 50 maiores astros da televisão de todos os tempos pela revista TV Guide. O programa de Letterman vai ao ar em vários países e sua popularidade é invejável. Em 19 de dezembro de 2000, por exemplo, a audiência chegou a 6 milhões de telespectadores. As atrações eram o ator Tom Hanks e militares norte-americanos que serviram na Bósnia.No Brasil, ele é cult. Para o telespectador da tevê aberta, Letterman se tornou familiar quando entrevistou Fernanda Montenegro, na época da indicação ao Oscar de Melhor Atriz por Central do Brasil. A entrevista no Late Show foi divulgada em todos os telejornais dos canais abertos brasileiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.