Danilo Gentili e Murilo Couto fazem piada sobre prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, na Virada Cultural

Em evento organizado pela prefeitura, humoristas não deixam de ser polêmicos

João Fernando, Jornal da Tarde

06 de maio de 2012 | 00h39

Mesmo em um evento organizado pela Prefeitura de São Paulo, Danilo Gentili e Murilo Couto não pouparam nem o prefeito da cidade, Gilberto Kassab.

Gentili, famoso pelas polêmicas, disse que queria trazer piadas novas para a Virada, por isso conversou com pessoas na rua para saber o que elas queriam ouvir. Algumas das reclamações se referiam ao transporte público, que está sempre cheio. O comediante, então, disse que contou ao Kassab que as pessoas estavam sendo "encochadas" no ônibus e teria ouvido do prefeito: "É mesmo? Quando sai o próximo ônibus que eu quero pegar?"

Ainda sobre o mesmo assunto, o humorista disse que vários homens estavam sendo "encochados" no ônibus e decidiram fazer isso na rua. "Assim foi criada a primeira Parada Gay de São Paulo!", completou.

Seu público aumentou da Virada de 2011 para esta, subindo de 18 para 25 mil pessoas na plateia. Ao final do show, Gentili ironizou ao ser perguntado por jornalistas se não temia fazer piadas sobre a prefeitura neste evento. "Se eu não estiver aqui no ano que vem, vocês já sabem porquê".

Murilo Couto, que participa do programa Agora É Tarde, subiu ao palco logo depois do apresentador, Danilo Gentili, e também ironizou Kassab. Paraense, o humorista falou de sua cidade, Belém, aos paulistanos. "É igual São Paulo: uma cidade suja com um prefeito de merda".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.