Daniella Cicarelli evita falar em separação

A assessora de imprensa de Daniella Cicarelli, Camila Lanoglia, afirmou hoje que leu nos jornais as especulações sobre o rompimento entre a modelo e o jogador Ronaldo, entrou em contato com Daniella, mas a modelo evitou falar sobre a sua suposta separação de Ronaldo. Segundo Camila, a apresentadora da MTV deverá chegar ao Brasil para participar de uma reunião amanhã na emissora.O jornal O Estado de Minas, publica hoje a notícia de que a "a gota d´água para a separação foi o fato de a modelomineira ter ido a uma festa na casa do ex-namorado João Paulo Diniz,herdeiro do grupo Pão de Açúcar, em São Paulo".Segundo o jornal mineiro, "uma fonte ligada ao craque informou que ele teriaassinado um contrato pré-nupcial, garantindo a Daniella 4,5 milhões deeuros, em caso de separação. Algo acima de R$ 15 milhões".As notícias sobre a separação do casal começaram a ser divulgadas ontem pela imprensa espanhola. Ronaldo e Daniella, menos de três meses após o conturbado casamento de 700 mil euros no Castelo de Chantilly, em Paris, realizado no dia 14 de fevereiro, já estariam separados. A informação circulou no canal de TV espanhol Tele 5. Na festa dos 30 anos de Beckam, no Budha Bar, na segunda-feira" à noite, em Madri, Ronaldo estava ´solteiro´, segundo o mesmo canal.No dia 26 de abril, em São Paulo, Daniella perdeu o bebê que seria seu primeiro filho com o jogador do Real Madrid.No Rio, a assessoria do Fenômeno negou a notícia, lembrando que sábado, no jogo contra o Santander, o craque comemorou seus dois gols levando a mão à testa, gesto marcado como homenagem a Daniella.Alheio aos rumores, Ronaldo participou de jantar com o ex-jogador argentino Diego Maradona, ontem na capital espanhola. Também foram ao restaurante Roberto Carlos e Solari, companheiros no Real Madrid, e o jornalista esportivo argentino Quique Wolf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.