Dando nome aos bois do Dubstep

Longe do eletrônico anabolizado de Skrillex estão as viagens rítmicas e atmosféricas do dubstep que o batizou. O nome original refere-se à música underground britânica que começou a tomar forma no início dos anos 2000.

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2012 | 03h11

Ao contrário do que acontece com o primo popular, a palavra dubstep define com boa precisão o gênero britânico. Trata-se de técnicas de mixagem do dub jamaicano usadas por quase duas décadas em estilos musicais como o hardcore e o drum'n'bass, que foram misturadas às levadas rítmicas do two-step, um ritmo relacionado a estes outros.

O dubstep original é responsável por um dos movimentos mais relevantes na música eletrônica da década passada. A produção de artistas como Kode9 e Burial definiu os paramentos clássicos do gênero com um trabalho atmosférico detalhado, com graves profundos que, em mutações do gênero, começaram a formar o que se tornaria a arma principal de DJs como Skrillex. / R.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.