DANCE PUNK E GAINSBOURG NO FESTIVAL

A banda indie Mademoiselle K integra a mostra com dance rock cantado em francês. O grupo é dono do hit regional Ça Me Vexe, feito nos moldes dançantes de The Rapture e Franz Ferdinand, com vocais rasgados e propriamente irritados de Katrine. Trata-se do Copacabana Club deles.

O Estado de S.Paulo

14 de março de 2013 | 04h25

A banda dividirá o palco da choperia do Sesc Pompeia com David Guigère, ator e cantor canadense que trabalha na tradição de Serge Gainsbourg, dando às suas canções arranjos eletrônicos que incluem instrumentos orquestrais e sonoridades de folk music.

O músico lançou seu primeiro álbum em 2012 e será acompanhado pela pianista Camille Poliquin, que complementa o verniz polido do pop contemporâneo de Guigère. Os dois também se apresentam no Sesc Bauru, no dia 21.

Outra donzela das teclas, Lise Au Piano, mostrará um repertório de canções que vai de Thelonious Monk a The Smiths, passando por Sly & The Family Stone.

O trio Suite, formado pela jovem cantora mineira Isabela Lages, o compositor e guitarrista paulistano Mica Farina e o baterista e compositor gaúcho Caio Juliano, faz releituras interessantes de clássicos franceses, assim como o Les Serge, especialista em Gainsbourg, Formada por Chris Hidalgo, Frank Oberson, Fabiano de Castro e Bruno Iasi, a banda também mostra composições de Edith Piaf, com arranjos em ritmos brasileiros.

O Trio Suite vai fazer show no Colégio Santa Cruz, no dia 19. O Les Serges na Universidade Mackenzie, no dia 21, para todos os estudantes e alunos franceses da instituição. / R.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.