"Dança em Pauta" traz Ruth Rachou

O Centro Cultural Banco do Brasildá seqüência ao Dança em Pauta, em evento que leva ao centroda cidade espetáculos diversificados. Até o dia 6, a experiênciada mestra Ruth Rachou e o entusiasmo da jovem Juliana Rinaldi,diretora do Grupo Surto, poderá ser conferida na coreografiaTorções e Distorções.Com base na técnica de dança moderna desenvolvida porMartha Graham, Ruth e Juliana elaboraram um espetáculo quepretende mostrar um pouco da trajetória desse estilo de dança noBrasil. Assim, a peça é uma junção de trabalhos anteriores e foidividida em momentos: Acervo, Concerto, Sem Dor eReticências.Pesquisa - A primeira faz parte da pesquisa de Julianasobre as peculiaridades da técnica. Concerto já é uma velhaconhecida do público - a coreografia estreou em 1992, criada porRuth e, nesta versão, ganha novo figurino e cenário. Em SemDor, as bailarinas trazem à tona suas emoções por meio demovimentos de improvisação que se misturam à técnica de Martha.Por fim, Reticências, uma verdadeira miscelânea de estilosque percorrem da dança acadêmica aos variados estilos presentesna atualidade.Após os espetáculos, a bailarina, coreógrafa epesquisadora Gaby Imparato abre espaço para um bate-papodescontraído com o público. O tema da conversa é "Danças e SuasRéplicas". Gaby é formada em física e estuda essa teoria pormeio das técnicas de Martha.Estréia - O Grupo Surto nasceudentro do estúdio de Ruth Rachou. A estréia veio com acoreografia Runaway Horses. Ruth dirigiu e assinou boa parte daspeças que compõe o repertório da companhia até 2000, quandoJuliana assumiu a direção. Ruth é uma figura que fez história. Iniciou sua carreira de bailarina no Ballet do IV Centenário em 1954 e foi uma daspioneiras da dança moderna no País. Nos anos 60, especializou-senos Estados Unidos com nomes de peso como Martha Graham, JoseLimon e Merce Cuninngham. Voltou ao Brasil e em 1972 abriu suaprópria escola. Até hoje atua em coreografias, é responsávelpelo ensino de dança moderna na Escola Municipal de Bailado. Umaverdadeira referência na dança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.