Dan Rather se despede do telejornal da CBS

Dan Rather, um dos âncoras mais famosos do noticiário internacional, deu seu último "boa noite" ontem, no Notícias da Noite da CBS, da rede americana CBS. O que seria uma despedida saudosa se tornou uma saída constrangedora para o jornalista, que protagonizou um recente escândalo jornalístico com uma reportagem com documentos falsos sobre o serviço militar de George W. Bush durante a Guerra do Vietnã. O episódio gerou uma crise de credibilidade da emissora e, conseqüentemente, do jornalista. Em pesquisa apresentada na terça-feira, a porcentagem de pessoas que afirmava acreditar em tudo ou quase tudo o que Rather dizia havia caído para 23% contra 34% em 2002. Foram 24 anos intermitentes à frente do telejornal, o que o tornaram o âncora americano mais antigo. Aos 73 anos, ele deixa o cargo para se dedicar à reportagem do programa 60 Minutes da CBS. Ontem, quando completava os 24 anos no posto, ele fez uma série de reflexões sobre as principais reportagens que realizou.

Agencia Estado,

10 de março de 2005 | 12h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.