Damien Hirst bate recorde na Tate

A exposição do artista britânico Damien Hirst na Tate Modern

O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2012 | 03h11

de Londres, encerrada no dia 9 de setembro, foi a individual mais visitada da história da galeria, com um total de 463.087 espectadores. A mostra, que abordou a carreira do artista conhecido por obras polêmicas, cujo principal tema é a morte, recebeu quase 3 mil visitantes por dia em pouco mais de cinco meses. Alguns de seus trabalhos mais famosos, como o crânio coberto de diamantes For the Love of God, foram apresentados na capital britânica. Até hoje, a mostra que mais atraiu público na Tate foi a dedicada a Matisse e Picasso em 2002, com 467.166 visitantes. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.