Dalí teria vendido fio falso a Yoko

O pintor Salvador Dalí (1904-1989) vendeu por US$ 10 mil um falso fio de seu bigode a Yoko Ono, viúva de John Lennon. Em entrevista à revista VSD, a ex-amante do espanhol, Amanda Lear, contou que ele nunca pôde resistir à atração do dinheiro e "um dia, inclusive, vendeu um pelo do seu bigode a Yoko Ono". Como Dalí achava Yoko Ono "uma bruxa e temia ser enfeitiçado, ele me mandou buscar uma erva seca no jardim e a colocou em um lindo cofre. A idiota pagou US$ 10 mil", disse Amanda, que foi amante do pintor em 1965, quando ele tinha 61 anos e ela, 18. "Dalí era meu professor de arte, meu pai, meu amante", disse. / AFP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.